12 de julho de 2017 10:56

Jabson Muller- 12/07/2017


Peri se destaca na oposição

A experiência do vereador José Eraldo Soares, o Peri, como parlamentar de oposição, tem sido um dos fatores para a aceitação positiva da comunidade que tem elogiado o seu desempenho na Câmara de Vereadores de Sombrio.
Diferente de uma oposição que visa somente criticar sem fundamento, o vereador tem apresentado em seus discursos números e informações baseados em dados oficiais da Prefeitura, Tribunal de Contas e imprensa, fazendo assim a mais importante função de um membro do legislativo: fiscalizar. Outro fator que tem dado visibilidade aos trabalhos é a apresentação de sugestões para a resolução dos problemas apresentados. “Estamos sempre na comunidade e ouvindo as pessoas. Com isto buscamos informações e debatemos algumas ações para darmos uma direção a administra-
ção pública sobre os problemas que as pessoas nos apresentam”, frisou Peri,
ao destacar que como vereador é sua função fiscalizar e apresentar soluções ao
executivo.

Prefeito vistoria obras

Detalhista, o prefeito Valdo Rocha, de Morro Grande, gosta de acompanhar as obras de perto e esta semana esteve com seus assessores verificando o andamento de algumas delas. Um dos locais visitados foi o terreno onde a administração executou a terraplanagem e agora acompanha a instalação da empresa que vai construir a Casa Mortuária de Nova Roma.

Câmara viabiliza compra de viaturas

A terceira etapa do projeto Câmara Solidária, da Câmara de Vereadores de Araranguá,que destina recursos economizados para ajudar diversos setores, contemplou a segurança pública. Na sessão de segunda-feira, foi formalizada a devolução de R$400 mil para a prefeitura, para que duas viaturas policiais, sendo uma para a civil e outra para a militar e uma ambulância para o Corpo de Bombeiros sejam adquiridas. Através de uma concessão, a prefeitura permitirá que os veículos sejam usados em operações locais. O pedido para a compra dos veículos chegou até
os vereadores através do Fórum de Segurança Pública de Araranguá. “Estamos muitos felizes que os vereadores viabilizaram nosso pedido. Temos muito a agradecer”, disse o presidente da subseção da OAB de Araranguá, Laércio Machado, que preside o Fórum de Segurança. De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros,tenente Vinícios Marcolin, a ambulância adquirida com os recursos da Câmara substituirá a hoje existente. Da mesma forma, na Polícia Militar. “Nossa frota não vai aumentar, vamos substiuir uma viatura que está em condições ruins”, garantiu o tenente-coronel Maike Valgas. Já a Polícia Civil, pretende deixar a viatura a disposição da Central de Polícia. “O veículo servirá para conduzir presos, diligências e outros serviços”, revelou o delegado regional Diego de Haro. Ainda durante a sessão, o prefeito Mariano Mazzuco anunciou que o município assumirá metade do projeto para instalação das câmeras de segurança, com R$140 mil. A outra parte do projeto, de responsabilidade do Governo do Estado, será viabilizada em 2018. Para a primeira etapa da instalação das câmeras, a Polícia Militar desenvolverá um projeto que determinará os locais e a forma de funcionamento. A ideia é que ainda neste semestre estejam funcionando.

Mapa de Editorias