18 de julho de 2017 10:58

Jabson Muller- 18/07/2017


Cleiton Salvaro visita Araranguá

No início da tarde desta segunda-feira, o vereador Luciano Pires (PSB) recebeu em seu gabinete o deputado estadual Cleiton Salvaro (PSB). Os dois trataram de diversos assuntos e do reconhecimento da utilidade pública em nível estadual, do Projeto 100 Carência no Boxe, fundado pelo professor de boxe Ricardo Bert e que faz
um trabalho social reconhecido em todo o Sul Catarinense. O pedido foi apresentado na Assembleia Legislativa por Salvaro, e sua vinda a Araranguá foi no intuito de divulgar o resultado e tratar do encaminhamento de outras demandas apresentadas
pelo vereador e algumas lideranças do partido na cidade. “Foi proveitosa a reunião e agradecemos ao deputado pela visita, principalmente por se colocar à disposição das nossas necessidades”, disse Luciano. Além de alguns assessores, a conversa foi acompanhada pelo presidente municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB), ex-
-vereador Kila Ghelere, que também coordena a sigla na região.

Servidoras na mira do MP

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ingressou com ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra duas servidoras municipais de Ermo que se candidataram ao cargo de vereador apenas para usufruir de licença remunerada enquanto faziam campanha para outro candidato.
Na ação, o Promotor de Justiça Pedro Lucas Vargas relata que as servidoras foram candidatas nas eleições em 2016 e usufruíram, nos quatro meses que antecederam ao pleito, da licença remunerada garantida pela Lei. Porém, conforme apurou o Ministério Público, elas não concorreram efetivamente, tanto que obtiveram nenhum e um voto, respectivamente. Em vez disso, fizeram campanha para outros candidatos. Mesmo assim, receberam os salários, uma recebeu o total de R$ 4.587,96 e
a outra recebeu R$ 4.485,20. Caso a ação seja julgada procedente, elas deverão ressarcir integralmente o dano ao erário, e estarão sujeitas à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa e proibição de contratar com o Poder Público. A ação ainda não foi avaliada pelo Poder Judiciário.
O MPSC remeteu aos Promotores de Justiça do Estado informações sobre possíveis irregularidades em 115 candidaturas inscritas no pleito eleitoral de 2016, todas elas de servidores públicos.

João da Farmácia candidato

O presidente do PPS de São João do Sul, João Olívio Cardoso, o João da Farmácia,
está anunciando sua disposição em ser candidato a deputado estadual pelo partido. Ele diz que tem o aval das lideranças do PPS tanto em nível regional quanto estadual.
João da Farmácia foi candidato a prefeito de São João do Sul na eleição de outubro
de 2016 e vem de uma família com tradição na política. O pai foi eleito vereador duas vezes e outras duas ficou na suplência.

Mapa de Editorias