Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Sant' Helena Coelho é bacharel em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo. Também é bacharel em Psicologia e bacharel em Ciências Políticas. Tem MBA em Jornalismo Digital e em Administração e Marketing. Em 1990 fundou o Jornal Correio do Sul, assim como foi um dos fundadores da Rádio 93 FM em 2010. Atua também como produtor cultural e escritor.

11 de junho de 2018 19:25

Rolando Christian Coelho, 12/06/2018

Mesmo no comando do Governo do Estado, e em meio a disputas internas, sigla não tem conseguido se articular para a disputa deste ano.


MDB vem cometendo um erro atrás do outro em SC / /

A velha frase, tantas vezes pronunciada por líderes do partido, dando conta de que só o MDB derrota o MDB, nunca foi tão verdadeira. A sigla, que atualmente comanda o Governo do Estado, através de Eduardo Moreira, não está conseguindo chegar a um consenso quanto a quem será seu candidato à sucessão estadual. Uma reunião da executiva estadual ocorrida ontem, justamente para tratar deste assunto, só serviu para marcar outra reunião para tratar do tema, no próximo dia 18.
Diante do impasse, não é de se admirar que o PSDB não aceite de vez os convites para compor com o MDB, afinal de contas a sigla não sabe nem mesmo se o seu candidato ao governo será Moreira, que não esconde esta pretensão, ou o deputado federal Mauro Mariani, que é o nome oficial do partido para o embate deste ano.
Tão grave quanto isto é a falta de organização do MDB, que não tem sabido aproveitar a possibilidade de realizar pré-campanha ao governo, para popularizar sua candidatura, algo que tem sido explorado com maestria por Gelson Merisio (PSD). Como consequência desta desorganização, o MDB não tem conseguido costurar um leque de alianças com pequenas siglas, o que é fundamental para capilarizar qualquer candidatura a governador, ainda mais em um Estado tão heterogêneo como o nosso.
Vale lembrar que daqui a 63 dias tudo já precisa estar definido, com vistas à eleição de Outubro. Por enquanto, no entanto, a cúpula do partido parece meramente estar brincando de fazer política, situação que jamais seria vivenciada à época de líderes como Pedro Ivo Campos ou Luiz Henrique da Silveira.

Notas

Prefeito de Timbé do Sul, Beto Biava (PP), se licenciou por 15 dias. No período estará sendo substituído pela vice-prefeita Tati Alexandre (PSDB). Outra vice-prefeita de nossa região que assumirá o comando do executivo nos próximos dias é a de Sombrio, Gislaine Dias da Cunha (PR), por conta da licença tirada a partir de amanhã pelo prefeito Zênio Cardoso (MDB).

Pré-candidato a deputado estadual por nossa região, ex-prefeito de Balneário Arroio do Silva, Evandro Scaine (PSD), mantém expectativas bastante otimistas em relação a sua votação em Outubro. De acordo com ele, é possível se chegar aos 25 mil votos somente nos municípios aqui do Extremo Sul, uma votação microrregional equivalente a conquistada pelo deputado estadual José Milton Scheffer (PP), na média dos últimos pleitos, e também pelo deputado Manoel Mota (MDB) em seus áureos tempos. Somente em Araranguá e Arroio, Evandro prospecta entre 15 mil e 17 mil votos.

Prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso (MDB), autorizou pagamento de 50% do décimo terceiro salário do funcionalismo municipal no dia de hoje. O expediente já faz parte do método de administração do chefe do executivo, que também quer se proteger dos sobressaltos do caixa da prefeitura no fim do ano. A iniciativa visa ainda aquecer o comércio local com uma maior circulação de divisas.

PSD de nossa região já começou a se dividir no que diz respeito às candidaturas a deputado federal. O atual deputado estadual Ricardo Guidi (PSD), que pretende disputar a Câmara Federal, está longe de ser consenso na base do partido. Em dobradinha com Júlio Garcia (PSD), que irá disputar a Assembleia Legislativa, Guidi de fato terá boa votação, mas enfrentará ferrenha oposição interna de correligionários que já estão aliados ao grupo de César Souza e também de João Rodrigues, que deverá bancar a candidatura de sua esposa, Fabiana Rodrigues.

Charge

Mapa de Editorias