Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Sant' Helena Coelho é bacharel em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo. Também é bacharel em Psicologia e bacharel em Ciências Políticas. Tem MBA em Jornalismo Digital e em Administração e Marketing. Em 1990 fundou o Jornal Correio do Sul, assim como foi um dos fundadores da Rádio 93 FM em 2010. Atua também como produtor cultural e escritor.

16 de abril de 2018 00:41

Rolando Christian Coelho 16/04/2018

Petista aparece com 31%, mas suas condições legais parecem ser irrreversíveis diante do pleito nacional de 2018.


Sem Lula, Bolsonaro e Marina Silva lideram /  /

 

Pesquisa Data Folha divulgada ontem aponta empate técnico entre Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (Rede) na disputa pela Presidência da República. Este cenário não leva em conta a participação do ex-presidente Lula da Silva (PT) na disputa. Em seis cenários distintos sem Lula, o capitão da reserva Jair Bolsonaro fica com 17% das intenções de voto, contra 15, ou 16% de Marina Silva.

Quando o nome de Lula é colocado como uma das possibilidades de votos, o petista fica com média de 31% das intenções. Bolsonaro cai para média de 15% e Marina para 10%.

O Data Folha fez nove cruzamentos possíveis no que diz respeito à disputa presidencial, e o que mais se aproxima do que deverá ser a realidade é o de número quatro, que considera o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como o candidato do PT em substituição a Lula. Neste cenário, Bolsonaro tem 17%, Marina 15%, Ciro Gomes (PDT) 9%, Joaquim Barbosa (PSB) 9%, Geraldo Alckmin (PSDB) 7%, Álvaro Dias (Podemos) 5%, Manuela Dávila (PCdoB) 2%, Fernando Haddad (PT) 2% e Collor de Melo (PTC) 2%. Um rosário de outros candidatos aparecem com 1% ou menos.

Por óbvio que Haddad aumentará seu percentual, assim como Geraldo Alckmin. Ainda assim, fica bastante claro que o eleitor brasileiro está totalmente dividido em relação ao pleito nacional deste ano. Excetuando-se Lula, pode-se afirmar que todos os demais gatos são pardos.

Outro fato importante a ser observado diz respeito a grande quantidade de candidatos com potencial eleitoral. Por conta disto, fica muito difícil de se apontar quais seriam os dois que estariam no segundo turno da eleição presidencial deste ano. Desde 1994 que a bipolarização desta disputa vinha se dando entre PT e PSDB, com quatro vitórias petistas e duas tucanas. Em 2018 não nenhuma garantia de que estes dois partidos seques estarão no segundo turno.

 

Notas

Com Lula da Silva fora da disputa presidencial, seus 31%, auferidos pelo Data Folha, ficam sem dono. Um terço vai diretamente para Marina Silva e Ciro Gomes. Outro terço se pulveriza entre as mais diversas candidaturas. Já o terço restante se agrega aos eleitores ainda indecisos. PT falhou feio ao não ter preparado um substituto para Lula.

 

Prefeito de Passo de Torres, Jonas Souza (MDB), está em contato com a Secretaria de Estado da Saúde para por em prática amplo projeto de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e de vários outras doenças. Vários focos do mosquito já foram achados no município, e, segundo o prefeito, se algo não for feito em grande escala, “em breve a situação pode sair do controle total”. Os focos já tomaram praticamente todo o município.

 

Justiça Eleitoral da Comarca de Turvo julgou improcedente ação movida pelo PMDB de Timbé do Sul em desfavor da candidatura do prefeito eleito Beto Biava (PP). O PMDB alegava que Beto havia promovido compra de votos durante a campanha de 2016. Além de perder a ação, o PMDB foi condenado a pagar R$ 1 mil a Biava.

 

PSD de Santa Rosa do Sul não tem muito do que reclamar. Comandando o município há dois mandatos, o partido tem como vice o PP. O PSD, no entanto, é composto em grande parte por ex-peemedebistas, a exemplo do próprio prefeito Nelson Cardoso. Para 2020, a sigla tem uma tendência natural de reeditar a dobradinha com os progressistas, mas muitos líderes do MDB já estão entrando em contanto com os pessedistas, para uma conversa mais de perto.

 

Charge 

Mais de Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Coelho

Desistência de Mota muda jogo político em nossa...

Parlamentar anunciou que apoiará Volnei Weber na disputa pela...

Rolando Christian Coelho

Líderes do Sul são bem mais racionais que...

Se dependesse dos princípios políticos do Sul do Estado,...

Rolando Christian Coelho

Mota convoca a imprensa e pode anunciar...

Coletiva acontece amanhã, às 10h, em sua residência, em...

Rolando Christian Coelho

Amin esconde o jogo e tudo permanece indefinido...

Líder progressista parece apostar suas fichas em uma aliança com o...

Mapa de Editorias