Blogs


Warning: mysql_fetch_array(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/storage/6/ed/23/grupocorreiodosul/public_html/jornal/blogs/detalhes.php on line 169

05/03/2013

Ribalta de hoje

Tem zona pior

Depois de longos anos sendo palco de prostituição, drogas e muita violência, a Zona de Meretrício no bairro Polícia Rodoviária Federal de Araranguá, enfim foi fechada. Aplausos pela iniciativa ao delegado Jorge Giraldi. Segundo constam informações preliminares, o problema de segurança pública já melhorou na localidade. Depois disso, já tem gente fazendo campanha para transferir o delegado para Brasília. Querem que ele também bote ordem naquela enorme zona. Vai faltar algemas para a autoridade policial.  

 

Ainda não mostrou serviço

A subsecretária de Políticas Antidrogas, Sayonara de Araújo, ainda não mostrou ao que veio. A verdadeira funcionalidade de sua pasta parece estar distante de ser exercida. O número de ocorrências policiais envolvendo principalmente crianças e adolescentes expõe o drama atual, assusta e não para de crescer, mostrando a necessidade urgente de um trabalho articulado e envolvendo outras entidades ligadas ao setor social.

Também não há informações quanto algum tipo de mobilização ou trabalho da nova subsecretaria. Ter boas intenções não basta, até porque de gente bem intencionada, o inferno está cheio.  É preciso partir para a ação, afinal de contas é dinheiro publico em jogo.

 

Bons modos

Se é mesmo verdade, como denuncia FHC, que Dilma Rousseff  “cuspiu no prato em que comeu”, francamente, a presidente devia dar bom exemplo ao pessoal do Fome Zero. Já pensou se a moda pega?

 

Será o benedito

Dizem as más línguas, que após quase ficar em terceiro colocado nas eleições em Criciúma que confirmou o favoritismo de Márcio Búrigo (PP), e por pouco não perder nas urnas para o novato Brezola, (PT), o deputado Ronaldo Benedet(PMDB), vai fazer como o Papa. Sumir de cena.  Como diz o Araranguanse, vai  ao milho!

 

Maníaco da machadinha

Praticar crueldade contra animais é crime diz a lei.  De acordo com a Lei de nº 9.605, de 1998, em seu capítulo V - Dos Crimes Contra o Meio Ambiente, no  art. 32º , praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais é crime passível de detenção,  de três meses a um ano, e multa. Mas a realidade aqui na região é bem diferente.

Alguém lembra do maníaco da machadinha, que aparentemente alcoolizado invadiu o pátio de uma residência no centro de Arroio do Silva e decapitou três filhotes de cães usando uma machadinha¿ O crime ocorreu em dezembro de 2011, mas já se passaram um ano e três meses e o criminoso nenhuma punição sofreu. Mas a impunidade não é privilégio apenas dele. Todos os autores de crimes praticados contra animais no extremo sul catarinense não foram punidos. E olha que segundos registros da própria polícia foram 43 boletins de ocorrência registrados em 2012 somente envolvendo esta prática criminosa.

A pouca importância dada pelas autoridades é notória e vergonhosa. Apesar da forte comoção popular na época, o bandido da machadinha apenas responde na justiça um processo que certamente acarretará apenas em pagamento de cestas básicas ou prestação de serviços comunitários. Sabe-se lá quando isso vai acontecer! Eita, raça! 

 

Do facebook

A página Araranguá da depressão é uma das mais curtidas e acessadas pelos araranguaenses. Conta com quase cinco mil integrantes e apresenta sátiras do cotidiano da cidade.

04/03/2013

RIbalta

Ribalta

Segundo o dicionário, Ribalta é o conjunto de lâmpadas que fica com o dever de iluminar os primeiros planos do palco. Não existiria outra palavra melhor para descrever a funcionalidade desta coluna que a partir de hoje passo a escrever diariamente no Jornal Correio do Sul.

Entendendo a vida como um grande palco, compreendo também que a missão do jornalista é servir como lâmpadas que iluminam e mostram fatos e realidades, de forma séria e responsável. É esse o principio básico que norteará esta coluna. Ela servirá de espaço para que possamos comentar os bastidores da notícia e ainda tudo aquilo que faz parte do cotidiano da região e do mundo.

Entra em cena, um espaço que servirá também para dar vez e voz aos leitores, com a finalidade de clarear tudo aquilo que precisa vir à tona. Certamente muitas polêmicas serão geradas, muitas novidades antecipadas e o principal, a missão social da comunicação exercida.

Não poderia deixar de fazer um agradecimento especial, logo  nas primeiras linhas desta coluna,  à minha editora Marivânia Farias e ao diretor do Grupo Correio do Sul, Jabson Muller, pela oportunidade de iniciar uma nova fase em minha carreira jornalística, pois não resta-me dúvidas, que a coluna será um divisor de águas. Aos leitores, reafirmo meu compromisso de ética e profissionalismo, marcas já conhecidas de minha atuação como profissional. Preparem-se, pois vamos ascender as luzes da Ribalta!

 

Quanto vale uma vida?

A região do extremo sul acordou de luto no último sábado. Duas mortes cruéis registradas nas Cidades de Santa Rosa do Sul e São João do Sul deixaram em choque toda a população, principalmente pela ousadia e os requintes de crueldade com que foram cometidas. Em um dos casos, a vítima de 59 anos teve o corpo queimado. A Polícia ainda tenta descobrir se ele ainda estava vivo quando quem cometeu o ato de barbárie ateou fogo. No outro, cinco tiros disparados à queima roupa, tiraram a vida de um empresário. De acordo com as informações iniciais da polícia, em ambos os casos o dinheiro foi o motivador principal das mortes. Ambição, ganância, crueldade.

Quanto vale uma vida, se perguntavam os familiares das duas vítimas, enquanto aguardavam pela liberação dos corpos do lado de fora do Instituto Médico Legal-IML. Seja o dinheiro que for, uma vida vale muito mais do que rios de dinheiro, arriscou responder um dos familiares. De fato,  a dor das famílias é algo muito maior do que tudo isso. Mas sentimento é algo que pessoas, se é que podemos chamar assim, desconhecem dentro de si. Perderam a noção dos valores, dos princípios e da própria vida.

São incapazes de perceber a tristeza e a dor da perda. Movidos pela ganância cometem as mais escabrosas maldades. No caso de São João do Sul, o empresário Marcos Homem, morto com cinco tiros,  acreditava estar seguro em seu sítio cercado por câmeras de segurança e com um cão bravo no pátio. Doce engano. O inimigo segundo a polícia fazia parte do seu círculo de amigos. O filho do caseiro foi quem puxou o gatilho em troca de um bocado de dinheiro e uma caminhonete. Agora está preso, atrás das grades e espera a família da vítima, que por lá fique até pagar pelo que fez.

 

Segurança: Uma questão de várias questões

Sair de casa ou até mesmo estar dentro de casa virou tormento. O medo é algo que faz parte do nosso dia-a-dia. Sensação de segurança só existe em discurso de político e das autoridades de polícia, que insistem em afirmar que estamos seguros. Assassinato, chacina, latrocínio, roubo e furto são palavras que já fazem parte do nosso vocabulário. Fruto da ineficiência de muitos, são palavras com sabor amargo por exemplo para uma mãe que perdeu seu filho.

Mas a violência não para de crescer. No trânsito morre gente, tal qual em guerra civil e o poder público cada vez mais ausente nesse nosso imenso Brasil. Nesse país do “jeitinho”, que na base da propina tira o “legal” do caminho, quem tem poder determina e o errado vira certo. Agora me responda leitor, se for capaz.

Quando a verba é desviada, falta escola e segurança e se não tem educação, como poderão aprender nossas crianças? Nessa guerra já perdida, de muitas perguntas sem respostas, pra você que vira as costas, quanto vale uma vida?

17/10/2012

Enviado por edmilsom

salo tu bom belas colunas muitos babado beijao

Leitor - edmilsom - ararangua

Imagem Blog

27/07/2012

Ganhe ingressos para assistir João Neto & Frederico

 

Se você quer ganhar ingressos para assistir o show da dupla que conquistou o Brasil, então participe da promoção. Acesse o meu blog e deixe um recado, (no mural de recados), dizendo porque você merece assistir o show de João Neto & Frederico. As duas frases mais criativas ganham um ingresso (cada), para assistir de graça ao grande espetáculo da dupla no sábado. Vale lembrar que a promoção é exclusiva da X9 e deste jornalista. Para participar somente através do blog. O resultado será divulgado na manhã de sábado. Boa sorte!

 

O sucesso sertanejo atual é João Neto e Frederico, que souberam dar conta do recado nesse segmento e hoje são os principais nomes do gênero. O resultado desse sucesso está nos 5 CDs e 3 DVDs da dupla e você confere no show deles no Arraial Fest, neste sábado, a partir das 23h.  

 

O show é organizado pela X9 Promoções, que assina o evento com muita competência e responsabilidade, dando certeza de casa cheia e excelente organização. Ingressos ainda estão sendo vendidos. Em Sombrio nas Lojas Adri e em Araranguá no Restaurante Plaza. Corra e garanta o seu!

Imagem Blog

27/07/2012

X9 traz João Neto e Frederico para Arraial emSombrio

Sucesso é a palavra que melhor exemplifica a trajetória da dupla João Neto e Frederico, que iniciou sua carreira em Goiás ainda crianças e agora está alavancando o mercado da música nacional. Hoje, eles são os maiores representantes do sertanejo universitário e a cada dia que passa conseguem consolidar ainda mais essa promissora caminhada. E a confirmação do objetivo alcançado aconteceu mais rápido que imaginavam.

 

A dupla, formada por um veterinário, João Neto, de 29 anos, e um engenheiro agrônomo de 26, Frederico, começou a cantar aos 10 anos, mas só caiu na estrada depois de concluir os estudos. Ambos cresceram em meio a rodas de viola e sempre tiveram o incentivo do pai para cantar. Vale lembrar que a família sempre mexeu com música. O avô era músico e o pai fazia shows na cidade. Com essa sintonia, ficou fácil para esses garotos pisarem nos palcos da vida. E neste sábado a dupla pisa no palco do Arraial Fest.

 

O show é organizado pela X9 Promoções, que assina o evento com muita competência e responsabilidade, dando certeza de casa cheia e excelente organização. Ingressos estão sendo vendidos. Em Sombrio nas Lojas Adri e em Araranguá no Restaurante Plaza.

Imagem Blog

27/07/2012

Mais uma família destruída pelo tráfico de drogas


Pai, mãe e filho são levados ao presídio após serem flagrados vendendo droga no interior da cidade. Eles trocaram a lida no campo pelo comércio de entorpecentes e acabaram sendo presos. Três filhos menores de idade assistiram a tudo chorando.

Os bastidores de uma triste história. O tráfico de drogas por si só é uma  triste e devastadoras realidade que assombra todas as classes sociais e idades. É através das drogas que muitas famílias chegam à beira do poço. Agora imagine você, a história onde mãe, pai e filho são presos pelo mesmo crime, deixando órfãos os três filhos menores de idade. Digo órfãos porque ao ingressarem no presídio, deixam a missão de criar e proteger seus filhos para outras pessoas, que nem sempre conseguem fazer isso.

 

A prisão dos três ocorreu durante a tarde de quinta-feira. Acompanhei toda a operação capitaneada pelo Delegado Jorge Giraldi e também o delegado Jair Pereira Duarte,  na comunidade de Sanga do Marco, zona rural de Araranguá.

 

Em uma pequena casa que pertence a uma família de agricultores, a polícia civil localizou um porção  com peso equivalente a 350g de maconha, nove petecas de crack prontas para comercialização, com peso total de 3,2g e ainda um revólver calibre 22, sem registro, municiado com sete cartuchos intactos. A droga foi apreendida pelos agentes da Divisão de Investigação Criminal-DIC, e pertencia à Volnei Paiano da Silva, de 38 anos. A arma era de propriedade do filho dele, Valdinei Cristóvam da Silva, de 18, e a esposa Terezinha Crsitóvam de 37 auxiliava na venda da droga. Todos foram presos em flagrante. O revólver e as pedras de crack estavam escondidos no guarda roupa do casal.

 

Durante a ação, o que chamou a atenção foi a o estado precário que vivia a família. Não apenas o estado de pobreza, mas a falta de condições de higiene. As crianças, duas de 08 anos e uma de 13, choravam ao ver os pais sendo presos. São feridas que jamais cicatrizarão nos pequenos corações. Histórias de vida desgastadas pela droga. Os pequenos meninos gêmeos de oito anos com os olhos inchados  de tanto chorar e ainda sem entender o motivo da prisão dos pais. São adultos irresponsáveis que negligenciam o direito de amar os filhos, de responsabilizar-se pela criação dos mesmos.

 

Nada mais me deixa tão chocado, do que ver rolar lágrimas de tristeza nos olhos de uma criança. São seres inocentes, indefesos que não merecem viver em condições como esta. Em que país vivemos. Onde estão nossos governantes que não se preocupam em ajudar a controlar essa epidemia que se tornou as drogas. Devem estar incessíveis à este tipo de sentimento, ou então preocupados em ganhar uma eleição, que nem o choro e nem o grito de desespero de uma criança conseguem escutar!

 

Imagem Blog

27/07/2012

Faculdades Futurão concede bolsas de 30% de desconto

 Essa é para você que quer garantir o seu futuro. As Faculdades Futurão oferecem 30% de desconto para os novos alunos que se matricularem até o dia 15 de agosto. A iniciativa faz parte da estratégia da instituição de ensino que busca oferecer condições aos alunos para ingresso ao ensino superior.


Segundo a Diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão, Pricila Borba, a meta é possibilitar aos interessados um ensino de qualidade, mas também viabilizar isso  com custo que possa ser pago pelos novos acadêmicos. Ela lembra que as bolsas institucionais são válidas não apenas na matrícula, mas também durante o semestre inicial inteiro. Informações pelo fone 3522-1056.

Mostrando 1 - 7 cadastros. Total de 169 em 25 página(s).


Enviar Texto

Você também pode participar nos Blogs da redação, basta preencher o formulário com seus dados e enviar seu texto, após aprovado, ele será exibido junto ao Blog comentado.


Preenchimento Obrigatório *




Desenvolvido por: www.softbest.com.br

Grupo Correio do Sul

Grupo Correio do Sul

Sombrio

Rua João José de Guimarães, 130, Sombrio/SC

Telefone: (48)3533-0870 - CEP: 88960-000

www.grupocorreiodosul.com.br

Grupo Correio do Sul

Araranguá

Av. Getúlio Vargas, 227 - sala 20 / Edifício Fronteira no calçadão, centro, Araranguá/SC

Telefone: (48)3522-0130 - CEP: 88900-000