Saúde     5 de dezembro de 2017 22:02
Jacinto Machado

Cooperja realiza palestra no Dia Mundial de Combate à Aids


Para refletir sobre esta, que é uma doença do sistema imunológico humano causada pelo vírus HIV, a Cooperja realizou uma palestra no Dia Mundial de Combate à Aids, 1º de dezembro, última sexta-feira. O palestrante foi o enfermeiro araranguaense da MedSet, José Murialdo da Costa Pereira.

Mais de 60 colaboradores da cooperativa participaram da palestra, organizada pelo departamento de medicina do trabalho, através da técnica em enfermagem Zélia Possamai Della. “Foi muito interessante. Esta é uma realidade sombria que ninguém quer passar e ver sua família passando”, declara o funcionário, Lucas Rosso.

O objetivo principal em ter um dia específico para discutir o tema, é alertar toda a sociedade sobre essa doença. Afinal, até o momento, ela é uma síndrome que não possui cura. Portanto, é necessária uma proteção eficiente contra ela. Ao criar um Dia Mundial de Combate à Aids, o objetivo era chamar a atenção sobre esse problema, desde sua prevenção até seu tratamento

Segundo sites especializados na área da saúde, a Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, geralmente por contato sexual desprotegido com pessoa contaminada. Mas, pode ser também transmitida por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes. Diferentemente do que muitos pensam, ser HIV positivo não é o mesmo que ter Aids.

A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. Ela é uma doença que não mata por si só. Por causar um grande impacto no sistema imunológico, o paciente fica sujeito a doenças oportunistas, como a pneumonia, que surgem no organismo nesse momento de fraqueza.

Relacionados

Saúde

Hospital Regional entre em greve

Greve foi anunciada no dia anterior e motivação é o atraso de...

Saúde

Hospital Regional e Samu podem ter serviços...

Greve foi anunciada para amanhã, caso funcionários não recebam...

Mapa de Editorias