Trânsito     14 de março de 2018 12:00
Autor: Marivânia Farias
Sombrio

Dnit visita local de queixa na 101


Um engenheiro do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) esteve na manhã desta terça-feira em Sombrio, para verificar as reclamações ainda resultantes das obras de duplicação da BR 101. Depois de ouvir engenheiros e secretários da prefeitura, ele foi levado até o trecho onde existe a maior reivindicação da comunidade por mudança.

Cerca de 15 famílias moradoras das margens da rodovia, em uma área conhecida como Corte, entre os bairros São Camilo e Jaguarari, ficaram sem acesso direto a estrada, pois um trecho de aproximadamente 50 metros da via marginal fica na contramão para elas, no sentido sul-norte.

Um dos moradores, Antônio Vieira, diz que, assim como os vizinhos, quando vai buscar uma criança na creche localizada em Jaguarari, é preciso depois seguir até a localidade seguinte, Glorinha, onde tem um retorno. Em seguida é necessário voltar até Sombrio e só então ir para casa sem cometer infração.

O vereador Nego Gomes acompanhou a visita do engenheiro com preocupação. Ele conhece bem os problemas até hoje não resolvidos em virtude da duplicação, e em agosto do ano passado, como presidente da Câmara, organizou uma audiência pública justamente para discuti-los. “Muitos moradores foram prejudicados, e não desistimos de tentar resolver estas situações”, disse Nego. Também estavam na vistoria os vereadores Edson da Rosa, Daniel Bitencourt, Carlos Gomes e Adenir Duarte, o Janga.

O prefeito Zênio Cardoso disse que tenta conseguir a realização de algumas obras antes da privatização da rodovia. “Por que outras já sabemos, enviamos uma lista ao Dnit, que só com o pedágio. Pedimos que incluam estas obras mais caras no plano de pedágio”. Ele estava acompanhado ainda do engenheiro civil da prefeitura Renato Bristot, e dos secretários municipais Ronaldo Dal Pont (Planejamento) e Paulo Humberto (Obras).

O representante do Dnit disse não ter autorização para adiantar qualquer informação sobre os pedidos.

 

Mapa de Editorias