Ecologia

12/06/2017 10:00

Mudas são distribuídas na Semana do Meio Ambiente

Ação de incentivo e conscientização ambiental mobilizou a comunidade


Dia 05 de junho foi celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Em celebração a data, durante a semana foi realizada a distribuição de mudas para a população em Balneário Arroio do Silva. A iniciativa da prefeitura foi realizada através do departamento de meio ambiente, coordenado pelo Everson Inocêncio (Xande) – que foi quem fez a distribuição das mudas ao longo da semana nas escolas, entidades, repartições públicas e para os moradores em geral.

A intenção foi de despertar o interesse da comunidade em cuidar do meio ambiente, além de incentivar a prática do plantio. “Cuide de nossa cidade e seja sócio da natureza. Precisamos preservar”, registrou Xande.


05/06/2017 13:00

DNIT celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente com atividades de sensibilização


Comemorado em 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente será lembrado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) com uma série de atividades em São José dos Ausentes (RS) e Timbé do Sul (SC), municípios da área de influência direta das obras de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC. A programação da próxima semana prevê ações de sensibilização envolvendo a comunidade escolar e os colaboradores das obras. É importante ressaltar que o empreendimento, assim como todos aqueles executados pelo órgão desde 2005, está sendo implantado em consonância com práticas de controle e mitigação de impactos ambientais.

Nos dias 5 e 6, a equipe de educação ambiental da Gestora Ambiental (STE S.A.) estará nas escolas Frei Modesto e Timbé do Sul conversando com os alunos sobre preservação dos recursos naturais. Haverá ainda a distribuição de mudas de hortaliças e a apresentação do boneco da gralha-azul, ave eleita como mascote da Gestão Ambiental em votação popular. Na manhã do dia 7 será realizada palestra para os colaboradores no canteiro de obras do Consórcio que executa o Lote 2, onde também serão expostos os desenhos realizados pelos trabalhadores em atividades desenvolvidas no início do ano. À tarde, em São José dos Ausentes, a equipe participará das ações realizadas pela Prefeitura com os alunos da rede escolar. A mascote marcará presença no evento e também haverá a distribuição de mudas.

Para atender a exigências ambientais, o empreendimento conta com estudos que contemplam a área de influência, sendo o EIA/RIMA (Estudo de Impacto Ambiental/Relatório de Impacto Ambiental) um dos mais importantes, além da Licença de Instalação nº 860/2012 emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA). A partir destes documentos, o DNIT elaborou o Plano Básico Ambiental (PBA), no qual estão relacionados 24 Programas Ambientais que incluem cuidados com a fauna, a flora, o solo, os recursos hídricos, as populações lindeiras, entre outros.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado todo dia 5 de junho de cada ano como uma forma de aumentar a consciência ambiental e incentivar a atenção e ação políticas.Esta data foi estabelecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 15 de dezembro de 1972, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia. Desde que começou, tornou-se uma plataforma global para o alcance público em mais de 100 países.

 


01/06/2017 16:00

Alunos vão receber mudas de árvores


Como uma atividade de educação ambiental, pelo menos mil mudas de árvores começarão a ser distribuídas pela região a partir desta quinta-feira, até a próxima segunda, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente. As plantas serão entregues
em escolas e para associações e produtores de Nova Veneza e Meleiro. Em Meleiro,às 14horas do dia 5 tem palestra na escola Inês Toneli Napoli, com doação de mudas e material para alunos do 5° ao 9° ano. Haverá distribuição também durante o giro ciclístico Rota Rio Mãe Luzia, que mobilizará seis municípios no domingo, e
de uma palestra no Palácio das Águas, em Nova Veneza, na segunda-feira. “Não podemos deixar passar em branco uma semana tão importante quanto
essa do meio ambiente. Em nossa região, procuramos fazer um forte trabalho de preservação, que só tende a crescer a medida que for ganhando mais adeptos e interessados em atividades como estas”, explica o presidente do Comitê da Bacia
do Rio Araranguá e Afluentes do Mampituba, Sérgio Marini. Estas ações são organizadas pelo projeto Ingabiroba, com apoio do Comitê, Fundações do Meio Ambiente, Epagri, Associação Catarinense de Irrigação (Acid) e Associação
de Proteção das Águas do Rio Araranguá (Aguar).


25/05/2017 08:00

Com passa-faunas, duplicação da BR-101 Sul protege animais silvestre em SC e RS


Além da construção de equipamentos de travessia segura para pedestres, a duplicação da BR-101, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, também montou espaços para que animais silvestres possam cruzar o fluxo de veículos com segurança. Os passa-faunas, galerias construídas debaixo do pavimento, garantem a migração de espécies animais nativas da Mata Atlântica presente ao longo da rodovia federal.

Os passa-faunas servem como corredor para animais, enquanto as oficinas de Educação Ambiental e o monitoramento de atropelamentos de animais silvestres são ferramentas de controle e interação com os usuários, comunidades lindeiras e escolas. As estruturas estão construídas ao longo dos lotes 22, 23, 24, 25 e 30, nos municípios de Palhoça, Paulo Lopes, Imbituba, Laguna e Santa Rosa do Sul em Santa Catarina e nos lotes 01, 02, 03 e 04 nos municípios de Torres, Três Cachoeiras, Três Forquilhas, Maquiné e Osório, sendo 26 no segmento catarinense e 21 no segmento gaúcho.

Os dois passa-faunas construídos em Laguna (SC), no km 308 e km 310, foram as duas últimas estruturas, para essa finalidade, concluídas nas obras de duplicação da BR-101. O local de construção dos passa faunas seguiu estudos prévios para identificar os locais onde ocorreu maior número de atropelamentos de animais silvestres, isso antes das obras de construção de pistas e obras de artes especiais começasse. Além da construção das passagens, o DNIT/SC através do consórcio Concremat-Tecnosolo-WorleyParsons faz periodicamente atividades que enfocam o monitoramento do Atropelamento da Fauna Silvestre e eficácia das Passagens de Fauna ao longo do segmento entre os dois estados.

O monitoramento do atropelamento de animais silvestres identifica os principais pontos em que ocorrem, assim como os principais grupos de fauna e espécies atropeladas, dentre espécies raras, endêmicas e ameaçadas de extinção, além de avaliar o efeito da duplicação das faixas de rolamento e implantação de passagens de fauna para a fauna silvestre. Além disso, os dados e relatórios produzidos podem propor a implantação de medidas mitigadoras para redução de atropelamentos da fauna silvestre ao término das atividades de monitoramento.

Esse monitoramento está incluso no escopo dos 22 programas socioambientais e um Estudo, inclusos no Plano Básico Ambiental (PBA) implementado na duplicação da rodovia federal, dentro do programa de Proteção à Fauna e Flora. Nesse programa há o subprograma de Proteção à Fauna, que atua diretamente no monitoramento do atropelamento das espécies de fauna e na eficácia das passagens de fauna construídas. Nas travessias de fauna foram encontradas e catalogadas marcas e pegadas de mamíferos, como tatu, preá, gato do mato, porco espinho, répteis e anfíbios.

Já as oficinas de Educação Ambiental, feitas em escolas, comunidades e canteiros de obras apresentaram aos espectadores as espécies animais mais comuns em cada trecho da BR-101 Sul, bem como as formas de proteção delas.

 

Carregar mais

Mapa de Editorias