Educação

24/08/2017 06:00

Encontro reunirá 47 seminaristas diocesanos em Caravaggio


De 25 a 27 de agosto, a comunidade de Caravaggio, em Nova Veneza, acolhe o Encontro dos Seminaristas da Diocese de Criciúma. A atividade, promovida anualmente, sempre nesta época, reúne os 47 seminaristas diocesanos dos seminários Menor, Propedêutico, Filosófico e Teológico. O encontro contará com a presença dos padres formadores José Aires de Souza Pereira e Aguinaldo Zucchinali, (Seminário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio – Nova Veneza), Antônio Marcos Machado Madeira (Seminário Filosófico de Santa Catarina – Brusque) e Oscar Paulo Pietsch (Seminário Teológico Bom Pastor – Florianópolis).

O encontro inicia às 17h de sexta, 25, com a acolhida dos seminaristas no Seminário, seguida pela celebração da missa, às 19h30min, no Santuário. O sábado, 26, contará com momentos de palestra, oração, animação e lazer. “É um encontro de convivência e de espiritualidade, um momento para a formação e integração dos nossos seminaristas. A temática proposta no sábado pela manhã será a espiritualidade mariana. Nós convidamos o Frei Marcos Huk (OSM) para falar sobre a importância de Maria na vida do vocacionado”, relata padre José Aires Pereira. Outros dois momentos importantes de sábado serão a reza do terço, às 17h, e a missa, às 19h, no Santuário. “À noite, teremos a celebração das ordens menores, que é o Acolitato e o Leitorato de 13 seminaristas de Teologia. A missa será presidida pelo bispo Dom Jacinto”, acrescenta padre Aires.

Dos 47 seminaristas diocesanos, três são do seminário Menor, 10 do Propedêutico, 15 do seminário de Filosofia e 19 de Teologia. No domingo, 27, eles encerram seu encontro com a participação na Caminhada Vocacional Diocesana, que terá início às 08h, na rótula de acesso a Rio Maina, até o Santuário de Caravaggio, culminando com a missa e o almoço de confraternização.


23/08/2017 22:00

Recicla CDL na Escola chega a novo recorde


Idealizado pela Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC), com apoio das entidades varejistas locais em todo o estado, o programa Recicla CDL na Escola chega à sétima edição com novo recorde de participação. Neste ano são mais de 153 mil estudantes de 861 escolas envolvidos, com a adesão de 141 Câmaras de Dirigentes Lojistas.

Desta vez o tema do Recicla CDL na Escola é o aquecimento global e convida estudantes a produzirem desenhos e redações como forma de participarem dessa reflexão. A modalidade Desenho é destinada aos alunos do 1º ao 5º anos do Ensino Fundamental e a Redação contempla aqueles do 6º ao 9º. Todas as informações, vídeos, cartazes e regulamento estão disponíveis no sitewww.ligasustentavel.com.

“Temos a clareza de que é preciso ir além da defesa dos interesses do varejo. O Recicla CDL na Escola também conta com a parceria do Sicoob e a rede pública de ensino”, informa Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC. O programa está alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, lançado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como proposta para convidar os cidadãos a refletirem sobre seu papel na sociedade e a relação do ser humano com o meio ambiente, com plano de metas até 2030.

Cronograma

A etapa local inicia em setembro, com a produção dos materiais nas escolas e a escolha de um desenho e uma redação em cada município participante. Uma comissão julgadora será formada por representantes da Secretaria Municipal de Educação, da CDL local e do Sicoob, sempre que possível. O envio do material à FCDL/SC deve ser feito em até 30 dias.

Em novembro a comissão estadual selecionará os cinco melhores de cada categoria, que serão destacados como vencedores estaduais. A entrega da premiação será realizada pelas respectivas CDLs. O prêmio para os classificados na fase municipal será composto de kits escolares contendo mochila, cadernos, estojos de lápis, estojos de canetas diversas, bonés e camisetas. Já no âmbito estadual, um tablet para os estudantes vencedores de cada modalidade, assim como para os professores orientadores.


22/08/2017 18:00

Educação faz balanço


A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Jacinto Machado, Cleonice Fontana Possamai, avaliou como positivo o trabalho realizado até agora à frente da pasta.

Nos primeiros meses foram realizadas várias melhorias nas escolas municipais. “Agradeço a dedicação e empenho de cada profissional envolvido com a Educação e sobretudo o apoio do prefeito Gaiola nesses primeiros meses de trabalho”, ressalta Cleonice.

A primeira mudança na pasta foi o endereço. Sem pagar aluguel e com um local mais adequado para oferecer aos funcionários melhores condições de trabalho, a secretaria atende agora no térreo da Casa do Agricultor, na rua Celso Ramos, nº 515, Centro.

Segundo a secretária, o local servia antes de depósito e a secretaria funcionava em um prédio alugado. “Reorganizamos este espaço que antes não era utilizado de forma adequada e planejamos para melhorar ainda mais a eficiência e a produtividade dos funcionários”, salienta.

Outro ponto importante foi em relação à economia gerada aos cofres públicos. O imóvel anterior era alugado e hoje, o novo prédio não traz nenhum custo por ser do próprio município e cada profissional fonoaudióloga, psicóloga, nutricionista e equipe técnica têm sua sala para atendimento.

Cleonice conta ainda que foi iniciada a reelaboração do Plano de Carreira, que estava desde 2006 sem ser estudado. “Temos a necessidade de reelaborar o plano e os profissionais, em cada unidade escolar, estão debatendo para depois trazer para o grande grupo”, informa.

O principal projeto a ser executado é a ampliação do CEI do Centro e a construção de uma creche no bairro Ana Paula, para atender toda a demanda de crianças. “Estamos em busca de recursos para a execução dessas obras, identificadas como prioridade na área da educação”, informa.


22/08/2017 16:00

ADR promove IV Encontro da Educação Especial


A Supervisão de Gestão Escolar da Gerência Regional de Educação, por meio da Coordenação do Atendimento Educacional Especializado – AEE, promoveu na semana passada, no auditório da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, o IV Encontro da Educação Especial.

Participaram da capacitação os professores do AEE, juntamente com os articuladores da educação especial nas escolas da rede estadual de ensino do extremo-sul. A ministrante das atividades foi a professora Alexandra Schutz Pereira.

A coordenadora do AEE, técnica Eléria Karine Kunhasky Coelho Comim, explica que o encontro teve como discussão assuntos relacionados à deficiência visual (cegueira), e nos trabalhos em grupo, foram trabalhadas noções em braile (sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão).

Carregar mais

Mapa de Editorias