Educação

17/02/2018 12:00

Lançamentos nos cinemas neste fim de semana


Pantera Negra

Após a morte do rei T’Chaka (John Kani), o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T’Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong’o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.

 

Três Anúncios Para Um Crime

Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes (Frances McDormand) decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby (Woody Harrelson), responsável pela investigação.

 

Lady Bird – A Hora de Voar

Christine McPherson (Saoirse Ronan) está no último ano do ensino médio e o que mais deseja é ir fazer faculdade longe de Sacramento, Califórnia, ideia firmemente rejeitada por sua mãe (Laurie Metcalf). Lady Bird, como a garota de forte personalidade exige ser chamada, não se dá por vencida e leva o plano de ir embora adiante mesmo assim. Enquanto sua hora não chega, no entanto, ela se divide entre as obrigações estudantis no colégio católico, o primeiro namoro, típicos rituais de passagem para a vida adulta e inúmeros desentendimentos com a progenitora.

 

Eu, Tonya

Desde muito pequena exibindo talento para patinação artística no gelo, Tonya Harding (Margot Robbie) cresce se destacando no esporte e aguentando maus-tratos e humilhações por parte da agressiva mãe (Allison Janney). Entre altos e baixos na carreira e idas e vindas num relacionamento abusivo com Jeff Gillooly (Sebastian Stan), a atleta acaba envolvida num plano bizarro durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Inverno de 1994. Baseado em fatos reais.


16/02/2018 18:00

Bispo fala sobre Quaresma


Teve início oficialmente na noite de quarta-feira de cinzas, a Campanha da Fraternidade na Diocese de Criciúma, com a missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Jacinto Inacio Flach, na Catedral São José. A celebração eucarística com bênção e imposição das cinzas lotou a igreja, com a tradição dos fiéis de participar do momento que marca o início do tempo quaresmal.
“Onde estamos, podemos ser portadores da paz que vem de Cristo, que traz alegria e esperança aos corações e a nossa sociedade. A CF deste ano está preparando o tema que continuará a ser refletido no ano que vem, sobre a gestão pública”, informou o bispo durante a celebração.

Ao receberem as cinzas sobre a fronte, os fiéis foram orientados pelo bispo: “Essa conversão não é um dia só da Quaresma, é durante toda a nossa vida. Nós temos uma grande missão, que é sempre converter para Jesus Cristo. “, declarou Dom Jacinto. A assembleia foi convidada a viver o tempo quaresmal com as práticas do jejum, da penitência, da oração e da caridade. “Fazer jejum não só de carne; não cometer exageros e fazer propósitos; ser mais paciente em casa e tolerante no trânsito”, indicou o bispo, que revelou alguns de seus propósitos e jejuns durante este tempo, como exemplo para outros.


16/02/2018 14:00

Alunos da rede estadual de ensino voltam às aulas


Nesta quinta-feira, todas as 41 escolas da rede estadual de ensino da região e o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) de Araranguá iniciaram as atividades. Na região são 17.979 alunos estudando em escolas estaduais. Só em Araranguá existem 16 escolas estaduais, onde estudam 6.678 alunos e o Ceja, com 568 alunos, totalizando 7.246 estudantes da rede estadual de ensino no município.

Entre os estudantes araranguaenses que retornaram às salas de aula nesta quinta-feira está a aluna do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual de Araranguá, Eliete Campos Cesário, de 16 anos. A jovem contou que descansou bastante nas férias e que estava ansiosa para voltar a estudar. “Estava com um pouco de medo, ansiosa com as matérias do Terceirão, porque agora vai ser bem difícil, mas o primeiro dia foi ótimo conheci os professores e os alunos e amanhã começam os conteúdos”, contou a jovem, que pretende fazer vestibular para o curso de Direito.

Já o estudante do 5º ano do Ensino Fundamental do Colégio Castro Alves de Araranguá, André Luiz Estevan Pinto, de 10 anos, estava com um pouco de receio, pois trocou de escola este ano. “O primeiro dia de aula foi bem legal, estava meio nervoso, porque este é o primeiro ano que estudo no Castro Alves, mas fiz novos amigos e gostei,”, disse.

Outra aluna do Colégio Castro Alves, Brenda Damineli Mezari, de 14 anos e estudante do 9º ano, estava tranquila na volta às aulas. “É bom estudar, nas férias sempre dá saudades. Foi bem bom o primeiro dia, mais tranquilo, amanhã provavelmente as aulas começam a ficar mais puxadas”, ponderou.


16/02/2018 12:00

Obras avançam bem no Catulo


Com o início das aulas na rede estadual, muita gente quer saber a quantas anda as obras no Catulo da Paixão Cearense, colégio sombriense que já foi centro de muitas discussões na região. A demora por parte do governo para tomar uma atitude diante da precariedade na estrutura do prédio motivou inúmeros protestos da população, professores e alunos da escola. Porém, parece que toda a fase de descontentamento ficou para trás. “Pelo que vi na obra esta semana, eles estavam colocando manta térmica, cobertura em alguns blocos, e fazendo trabalhos no ginásio”, explica o gerente de Infraestrutura da Agência de Desenvolvimento Regional de Araranguá, Jocilon Coelho. Os trabalhos têm avançado bem, o que deixa o gerente satisfeito. “A obra está de 15 a 20 dias adiantada, e existe a previsão de que seja entregue em agosto”, conta. O contrato da reforma e ampliação do Catulo é pago pela Secretaria da Educação, licitado e fiscalizado pela ADR de Araranguá. O valor da obra é de R$2.623.283,13. Segundo a equipe do setor de Infraestrutura da ADR, o ritmo das construções é satisfatório e a tendência é que o prazo seja cumprido. Aproximadamente 37% dos serviços já foram executados e já foram pagos R$891.332,79, sendo que o último pagamento foi em dezembro de 2017. A empresa responsável pela obra é de Itajaí, a Conre Construções e Reformas Ltda. “Nós da fiscalização não conhecíamos a empresa até eles pegarem essa obra, mas até agora nos surpreenderam positivamente”, comenta Pedro Henrique Gomes, técnico na Gerência de Infraestrutura. “Estamos muito contentes, a empresa é muito séria, sempre com muita gente trabalhando, mesmo nos dias de chuva. Acreditamos pelo andar da obra que em agosto realmente eles consigam terminar”, reforça Jocilon.

Diante de tanto otimismo, Jocilon Coelho, o gerente, revela que há planos de que mais mudanças sejam realizadas no Catulo. “Além da obra, estamos estudando as possibilidades com jardinagem, muro, revitalização na quadra de concreto, coisas que não fazem parte do processo licitatório. Vamos montar um novo processo junto ao Financeiro, por que queremos que entre agosto e dezembro a escola fique 100% revitalizada”, comenta.

No entanto, mesmo com tudo em dia no calendário da obra, não há possibilidade de que hajam aulas na escola ainda em 2018. “Não há como abrir o Catulo em agosto para pegar o segundo semestre. Queremos revitalizar a pista ao redor da quadra, e vamos buscar recurso para a nova etapa da obra, para que a escola reabra em 2019 toda reformada”, completa.

Carregar mais

Mapa de Editorias