Religião

28/04/2017 20:00

Festa a São José Operário envolverá paróquias de Criciúma


Mais uma vez, a Paróquia São José, que compreende a Catedral da Diocese de Criciúma, irá celebrar a festa em honra a São José Operário. As festividades iniciam nesta quinta-feira, 27, com a celebração da novena. Oito paróquias instaladas nos municípios de Criciúma e Içara são convidadas, a cada noite, a participar das missas em preparação à festa que integra o calendário de comemorações alusivas ao jubileu centenário. As celebrações contarão com a presença de padres, religiosas e leigos membros das comunidades paroquiais.

A primeira paróquia a participar da novena, às 19h30min, é a mais nova criada pela Diocese de Criciúma: a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, que congrega cinco comunidades na região do bairro Boa Vista, e é conduzida pelo pároco, padre Eloir Borges.

Conforme o pároco, padre Antônio da Silva Miguel Júnior, toda a festa estará voltada para o tema dos 100 anos de inauguração da Catedral, que serão completados no dia 17 de setembro. A Paróquia São José foi fundada em 25 de junho de 1898 e deu origem a todas as demais paróquias criadas no município de Criciúma. “A Paróquia São José foi uma das primeiras comunidades da cidade e por isso a nossa ideia de envolver as paróquias nesta novena”, explica padre Antônio Júnior.

Festa religiosa com tradicionais barracas e apresentações
A festa perdura até o primeiro final de semana de maio, com a participação especial também de crianças e famílias. Além do espírito religioso, outro ponto alto da festa envolve o sentimento de confraternização: nos dias 05, 06 e 07, a festa contará com apresentações de palco com cantores, bandas e coros regionais, além das tradicionais barracas com deliciosos quitutes, bazar e pescaria. No domingo 07, haverá almoço típico italiano no salão da Catedral (os ingressos estão sendo vendidos na Secretaria a 25 reais; crianças até 12 anos pagam 15 reais).

Fiéis são convidados a doar prendas
Há algumas semanas a Paróquia está solicitando prendas aos fiéis, durantes as celebrações, para o bazar e para a pescaria que serão realizados nos últimos três dias de festa. Segundo o pároco, as pessoas que puderem e desejar ajudar, poderão deixar suas doações na Secretaria Paroquial, que fica aberta de segunda a sexta, das 08h às 18h, e aos sábados, das 08h às 12h.

Um santo para muitas causas
São José Operário é invocado por trabalhadores e desempregados, pelas famílias e, muito especialmente, como “Pai da Providência” em seminários e casas religiosas, uma vez que foi o santo designado por Deus para proteger e suprir o sustento de Maria e do Menino Jesus, a Sagrada Família de Nazaré. São José, também celebrado em 19 de março como Esposo de Maria, é Patrono da Igreja Universal e padroeiro dos moribundos, cuja intercessão é invocada para que tenham uma boa morte, já que o santo morreu assistido por Nossa Senhora e seu Filho.

Programação:
27/04 (quinta-feira) 19h30min: Santa Missa – Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe (Boa Vista)
28/04 (sexta-feira) 19h: Santa Missa – Paróquia Santo Agostinho (Rio Maina)
29/04 (sábado) 19h: Santa Missa – Paróquia Santa Bárbara (Santa Bárbara)
30/04 (domingo) 19h: Santa Missa – Paróquia Nossa Senhora de Fátima (Cidade Mineira)
01/05 (segunda-feira) 19h: Santa Missa – Paróquia São José (Centro)
02/05 (terça-feira) 19h: Santa Missa – Paróquia Santo Antônio (Quarta Linha)
03/05 (quarta-feira) 19h: Santa Missa – Paróquia Nossa Senhora das Graças (Pinheirinho)
04/05 (quinta-feira) 19h30min: Santa Missa – Paróquia São Donato (Içara)

05/05 (sexta-feira)
19h: Santa Missa – Paróquia São Paulo Apóstolo (Michel)
20h30min: Apresentações de palco, funcionamento de barracas de comidas, bebidas e bazar

06/05 (sábado)
10h: Santa Missa com as Crianças
11h: Apresentações de palco, funcionamento de barracas de comidas, bebidas e bazar
19h: Santa Missa com Bênção das Famílias
20h30min: Apresentações de palco, funcionamento de barracas de comidas, bebidas e bazar

07/05 (domingo)
08h: Santa Missa
10h: Missa Solene em honra a São José Operário
11h30min: Almoço festivo no salão da Catedral (ingresso na secretária paroquial ou com os festeiros)
17h: Santa Missa
19h: Santa Missa


27/04/2017 22:00

Comunidade de Araranguá celebra padroeira com festa

Evento reúne celebrações e festividades em honra à santa


As comemorações em honra à padroeira de Araranguá, Nossa Senhora Mãe dos Homens, já começaram. No último domingo, dia 23, houve a abertura da VII Campanha das Talhas de Caná com missa presidida pelo pároco Alirio Leandro, na Igreja Matriz.

 

O acontecimento ocorre anualmente na semana que antecede a festa e trata-se de celebrações com temas específicos, onde os fiéis podem depositar seus pedidos nas talhas que, ao final de cada ato religioso, são preenchidas com água e é feita uma oração especial na intenção daqueles pedidos.

 

Além da parte religiosa, um dos destaques da programação é a Festa das Tendas com várias atrações na praça da Igreja Matriz, no sábado, dia 29, às 20h30.

 

E a Contato, empresa de telecomunicações catarinense presente nos eventos da região sul do Estado, participa da festa levando internet para a organização do evento.

 

Confira a programação:

 

Dia 26 – REZANDO PELOS TRABALHADORES (4a noite).

 

 

12h30 – Santa Missa dos Trabalhadores presidida pelo Pe. Alirio Leandro.

20h – Santa Missa presidida pelo Frei Marcos Roberto Huk (OSM – Pároco na

Paróquia Nossa senhora da Oração – Turvo). Bênção na carteira de trabalho.

Tema: Nossa Senhora e a dignidade dos trabalhadores.

Paraninfos da festa: CPC, festeiros e Noveneiros da comunidade Urussanguinha.

 

Dia 27 – REZANDO PELOS MISSIONÁRIOS (5a noite).

 

19h – Santo Terço Mariano conduzido pelo Terço dos Homens.

20h – Santa Missa presidida pelo Pe. Antônio Mendes (Pároco da Paróquia Santo

Antônio de Pádua -Sombrio). Bênção dos terços.

Tema: Nossa Senhora e as Missões.

Paraninfos da festa: CPC, festeiros e Noveneiros da comunidade Jardim das

Avenidas.

 

Dia 28 – REZANDO POR CURA E LIBERTAÇÃO (6a noite).

 

15h30 – Santa Missa da Saúde presidida pelo Pe. Vilcionei Baggio. Bênção e Unção dos enfermos para os doentes e idosos.

20h – Santa Missa presidida pelo Pe. Gilson da Silva Pereira (Pároco da Paróquia

São João Paulo II – Sombrio).

Tema: Nossa Senhora e Jesus nas Bodas de Caná (o poder da intercessão).

Paraninfos da festa: CPC, festeiros e Noveneiros da comunidade da Vila São José.

 

Dia 29 – REZANDO PELA SANTIDADE NA FAMÍLIA

Noite da Unidade e da santidade – Encerramento da VII Campanha das Talhas de Caná (7a noite).

18h30 – Concentração dos Santos Padroeiros das Comunidades em frente ao Colégio

Murialdo com procissão até a Igreja Matriz.

19h- Santa Missa da unidade e da santidade presidida pelo Pe. Thiago De Moliner

Eufrásio com a participação de todas as comunidades. Bênção para toda a família.

Tema: Nossa Senhora e a Santidade.

Paraninfos da festa: CPC, festeiros e Noveneiros da comunidade Matriz.

20h30 – FESTA DAS TENDAS com várias atrações na praça da Igreja Matriz.

Dia 30 – Domingo – 7a. novena de Nossa Senhora Mãe dos Homens.

19h – Santa Missa com acolhida dos peregrinos da Paróquia Sagrada Família

(Cidade Alta).

Presidente da Celebração: Pe. Daniel Zilli Da Rolt (Pároco da Paróquia Sagrada

Família – Cidade Alta) e Ação de Graças pelos 12 anos de Vida Sacerdotal do Pe.

Alirio Leandro.

20h30 – NOITE DOS CORAIS e festejos com muitas atrações na Praça da Igreja Matriz.

 

Maio

 

Dia   – Dia do Trabalhador (São José Operário) – 8a novena de Nossa Senhora

Mãe dos Homens.

8h – Santa Missa festiva na Igreja Matriz com a presença do Apostolado da Oração

paroquial e concentração das Bandeiras; oração e bênção para todos os trabalhadores e todos os colaboradores da Festa.

Presidente da Celebração: Pe. Alirio Leandro.

15h – Transladação com a réplica de Nossa Senhora Mãe dos Homens acompanhada de Ciclistas, Motociclistas, Clube dos Jeepeiros, Opaleiros e Clube do Fusca e Carros Antigos. Ao final, bênção com aspersão de água benta.

19h – Santa Missa com acolhida dos peregrinos da Paróquia Nossa Senhora

Imaculada Conceição – Maracajá e Benção Solene do Novo Manto da Padroeira –

Igreja Matriz.

Presidente da Celebração: Pe. Lucas Fernandez Bombazar (Pároco na paróquia

Nossa Senhora Imaculada Conceição – Maracajá).

 

20h30 – NOITE CULTURAL e festejos com muitas atrações na Praça da Igreja Matriz.

 

Dia 2 – 9a novena de Nossa Senhora Mãe dos Homens.

18h15 – Peregrinação da paróquia São Pedro até a Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens.

19h30 – Santa Missa com acolhida dos peregrinos da Paróquia São Pedro – Arroio do

Silva. Participação das Filhas de Maria.

Presidente da Celebração: Pe. Ademar Paulo de Faveri (Pároco da Paróquia São

Pedro – Arroio do Silva).

20h30 – Festejos com movimento de barracas no pátio da Igreja Matriz.

 

Dia 3 – Véspera da Festa

 

18h – Trasladação da imagem da padroeira, saindo da Igreja Matriz, percorrendo em procissão motorizada pelas ruas da cidade.

19h – Santa Missa Presidida pelo Frei Rinaldo Stecanela e Solene Coroação de

Nossa Senhora Mãe dos Homens.

20h30 – Show de Lançamento do 4o CD “20 Anos em Missão” do Grupo musical Mensageiros de Cristo.

 

Dia 04 – Dia da Padroeira

 

(Durante todo o dia os padres estarão atendendo confissões e concedendo as bênçãos de Deus).

 

6h – Alvorada Festiva.

7h30 – Santa Missa dos romeiros, devotos, peregrinos e pessoas que vão trabalhar na festa.

Presidente da celebração: Pe. Jonas Emerim Velho (Vigário Paroquial da Paróquia

Santo Antônio de Pádua – Sombrio).

10h – Santa Missa Solene da Padroeira com Benção das Rosas e apresentação dos

festeiros para o ano de 2018.

Presidente da celebração: Pe. Wilson Buss (Vigário Geral da Diocese de Criciúma e

pároco da Paróquia Santa Bárbara – Criciúma) e demais padres concelebrantes.

12h – Almoço festivo.

 

14h30 – Santa Missa com Consagração das Crianças a Nossa Senhora Mãe dos

Homens.

Presidente da celebração: Pe. Daniel Zilli Da Rolt (Pároco da Paróquia Sagrada

Família – Cidade Alta).

16h – Procissão com a recitação do Santo Terço Mariano.

18h – Show de lançamento do segundo CD “No Tempo de Deus” do Ministério Voz na Igreja.

19h30 – Show de lançamento do 1o CD Solo “Vem Ser Feliz, A Família Vale a Pena”, de Léo Ferrarezi.

– Seguido do sorteio dos prêmios no palco central das festividades da padroeira.

 


25/04/2017 14:59

Celebração final de inauguração do Santuário reúne multidão de fiéis


A igreja principal do Santuário do Sagrado Coração de Jesus ficou pequena na noite deste domingo, 23, para acolher os milhares de fiéis que acompanharam a celebração final do dia de inauguração do local. Com a presidência de padre Alessandro Campos, a Santa Missa contou com a presença de cerca de 15 mil pessoas, conforme dados da Polícia Militar. Os devotos além de lotarem todo espaço dentro do Santuário, ocuparam o pátio para ouvir o que acontecia na parte interna.

O padre paulista comemorou a presença de tantas pessoas e a oportunidade de estar em Içara, na Diocese de Criciúma. “É uma alegria imensa vir aqui. O povo acolhedor e cheio de fé nos incentiva ainda mais à seguir esse caminho da evangelização”, colocou. Ainda segundo ele, o ano que vem estará novamente na cidade para prestigiar a Festa da Misericórdia, neste mesmo período.

Através de seu testemunho e história de vida, o padre trouxe a mensagem de esperança e confiança. “Apesar das dificuldades da vida, precisamos estar de cabeça erguida para enfrentar tudo. Somente com Jesus, poderemos ser cada dia mais felizes”, enalteceu embalado com músicas de sua autoria.

Para o reitor nomeado do Santuário, padre Antonio Vander da Silva, a noite deste dia encerrou com chave de ouro uma data que ficará marcada na história da igreja na Diocese e toda região sul. “Durante todo o dia recebemos mais de 30 mil pessoas, sendo as que vieram para o dia todo ou que passaram nas cinco missas que ocorreram. Ter o padre Alessandro para finalizar esta linda programação foi uma alegria”.

A partir de agora, o Santuário seguirá com a programação de missas todas as primeira sexta-feira do mês (19h30min) – sábados (15h) e domingos (11h e 15h). Além disto, haverá a realização do Terço da Misericórdia de terça a sexta-feira às 15h e vigília da Renovação Carismática Católica todas as sextas-feiras às 20h.

 


24/04/2017 16:00

Diocese de Criciúma inaugura segundo maior santuário catarinense


Três anos e vinte e dois dias se passaram, desde o início de sua construção. Na manhã deste domingo, 23, Domingo da Divina Misericórdia, a comunidade católica do Sul Catarinense assistiu à bênção e inauguração do segundo maior santuário do Estado, dedicado ao Sagrado Coração Misericordioso de Jesus. Mais de 6 mil fiéis compareceram à celebração realizada no complexo religioso, localizado num terreno de 13,5 hectares na comunidade de Morro Bonito, interior do município de Içara. A cerimônia religiosa começou às 08h30min, com uma caminhada que contemplou, durante seu trajeto, a bênção sobre todas as obras do complexo, com exceção da Casa do Peregrino, que já havia sido inaugurada.

A procissão foi precedida pela acolhida do Reitor, padre Antônio Vander da Silva, na presença do Bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Flach, e do Arcebispo de São Paulo, o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer.

A procissão teve início na igreja da Agonia, ou Capela do Getsêmani, que recorda o sofrimento de Jesus no Horto das Oliveiras. A caminhada prosseguiu pelas 14 estações da Via Sacra, seguindo até o Convento da Divina Misericórdia. Dali, Cardeal, Bispo, padres, religiosas e leigos retornaram ao caminho até a Praça de Nossa Senhora, onde se encontra a imagem de Nossa Senhora das Dores. Em seguida, foi abençoada a Casa do Reitor e, finalmente, o Santuário Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, em formato de cruz latina e cujas formas e vitrais recordam a misericórdia do Senhor.

Este é o segundo santuário da Diocese de Criciúma, porém o primeiro criado por ela, uma vez que o Santuário dedicado a Nossa Senhora de Caravaggio, em Nova Veneza, que completará 50 anos de inauguração, pertencia, antes, à Diocese de Tubarão junto a todas as demais paróquias e comunidades.

A missa, concelebrada por outros 27 presbíteros, contou com a participação especial, dentre o povo de Deus, de membros do Apostolado da Oração, que participaram com suas bandeiras e estandartes. O rito de bênção e inauguração contou com a entrega da chave, às portas do Santuário, e o descerramento, pelas mãos de Dom Jacinto, Dom Odilo e do casal Zefiro e Ana Giassi, doador do terreno do Santuário. Dentro da igreja, foi feita a leitura do decreto de criação do santuário e nomeação do reitor, seguida pela bênção da água e purificação do templo, bênção da cruz, da sédia e da mesa da palavra. Houve também a consagração do altar, com a colocação da relíquia de primeiro grau de São João Paulo II, unção, incensação, preparação e ornamentação do altar.

Em sua homilia, Dom Jacinto Flach, que presidiu a missa, recordou alguns pensamentos de Papa Francisco na bula O Rosto da Misericórdia. “Misericórdia é o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. Misericórdia é a lei fundamental que mora no coração de cada pessoa, quando vê com olhos sinceros o irmão que encontra no caminho da vida. Misericórdia é o caminho que une Deus e o homem, porque nos abre o coração à esperança de sermos amados para sempre, apesar da limitação dos nossos pecados”.

Em sua reflexão, Dom Jacinto destacou que a Parábola do Filho Pródigo é aquela que mostra, por excelência, a misericórdia de Deus pela humanidade, pois espera que o ser humano reconheça seus próprios erros com humildade. “Nós precisamos dar esse passo; Deus faz o resto. Ele vem ao nosso encontro e restaura nossa dignidade”.

Em sua explanação, o Bispo de Criciúma ressaltou que dentre os detalhes que ainda restam para completar a obra, está a cúpula, cujos oito vitrais estão sendo confeccionados em São Paulo. “Ali aparecerão cenas onde Deus Jesus Cristo mostram que vêm sempre ao nosso encontro; o que a própria cúpula quer nos mostrar: o Deus infinito vem sobre nós. Portanto as cenas que vão aparecer serão de misericórdia e todos nós, aqui embaixo, sentiremos que Deus está olhando para nós com amor, não com condenação. Irmãos e irmãs, este ambiente deve ser um ambiente que acolha a todos, por isso estas portas enormes, que mostram que Deus é a porta pela qual todos querem entrar. Hoje sinto, particularmente, uma grande alegria. Este santuário, para nosso Estado, para o Sul do Brasil, vai ser um lugar onde milhões de pessoas virão se refazer e encontrar força e ânimo para suas vidas. Todos vocês serão testemunhas disso. Quem vem aqui sente que veio ao encontro do Senhor, como Filho Pródigo a sua casa e encontra o Pai abraçando-o e fazendo festa pela volta do filho”, disse Dom Jacinto.

O Bispo ainda agradeceu a generosidade de todo o povo na colaboração pela construção da obra e ao vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, junto ao deputado Dóia Guglielmi, pela boa vontade em fazer com que se torne realidade o asfalto que dará acesso ao Santuário. Dom Jacinto fez questão de lembrar também a ideia, há cerca de 20 anos, manifestada por padre Oscar Pietsch em construir um templo neste mesmo local. Por fim, proferiu um agradecimento especial ao reitor, padre Antônio Vander, que durante estes anos foi quem o ajudou a tornar realidade o sonho idealizado por ele.

O final da missa contou com os discursos do Vice-Governador de SC, Eduardo Pinho Moreira, do Prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon e, em nome da Comissão Pró Construção, falou o senhor Zefiro Giassi, que além dos inúmeros agradecimentos feitos, destacou a colaboração de empresários, voluntários e membros da comissão, além dos associados ao Apostolado da Oração, que se empenharam na difusão dos carnês.

O Reitor, padre Antônio Vander proferiu homenagens e reconhecimentos a diversas pessoas participantes da obra e membros da Comissão Pró Construção, pessoas que doaram altas quantias em prol da causa e que ofereceram seu serviço de forma totalmente gratuita e esmerada. Recordou o começo de tudo, o pedido de Dom Jacinto para que o ajudasse nesse projeto e sua gratidão por ser nomeado primeiro reitor. Vander parafraseou um pensamento de São Cláudio de la Colombière, dizendo que “os planos de Deus nunca se realizam senão à custa de grandes sacrifícios”. E acrescentou: “A verdadeira espiritualidade deste santuário é nos capacitar para que não nos deixem roubar a esperança, a comunidade, o evangelho, a alegria da evangelização, o ideal do amor fraterno e a força missionária”.

Novos horários de atendimento e missas
A partir desta semana, o Santuário passa a dispor de horários especiais para missas, aos sábados, às 15h e aos domingos, sempre às 11h e 15h, além de toda primeira sexta-feira do mês, às 19h30min. Uma programação diferenciada também integra a agenda do Santuário, com celebrações de Vigília Eucarística, todas as sextas-feiras, às 20h, na igreja da Agonia, e de terça a sexta, o terço da misericórdia, às 15h, na Capela de Santa Faustina. Já a loja de artigos religiosos, na Casa do Peregrino, terá expediente de terça a sexta, das 08h às 11h30min e 13h30min às 18h e aos sábados e domingos das 08h às 18h. O atendimento do Reitor será sempre às quintas-feiras, das 09h às 16h.

Carregar mais

Mapa de Editorias