Saúde

11/12/2017 22:00

Saúde capacita para melhorar atendimento


Com intuito de qualificar a assistência aos usuários da rede municipal de saúde, a prefeitura municipal de Balneário Gaivota deu início a capacitação de todos os servidores da atenção básica. O treinamento começou e é realizado nas sextas-feiras durante as tardes. “Faz parte do nosso plano capacitar os servidores municipais da área da saúde, para oferecer mais qualidade no atendimento e agilidade nos serviços oferecidos na secretaria municipal de saúde”, comenta José Luiz de Oliveira Lentz.

Ao todo serão capacitados cerca de 100 profissionais, e a ação vai abordar a política pública de humanização do Sistema Único de Saúde (SUS), com foco nas necessidades de saúde dos usuários dos territórios, além de qualificar o fluxo de atendimento na Atenção Básica, evidenciando a escuta qualificada ao usuário como principal ferramenta de trabalho.

Durante o curso serão abordados eixos como: comunicação, etiqueta profissional, ética (sigilo e confiabilidade das informações), atendimento ao público (presencial e telefônico), resolução de conflitos, liderança inspiradora, atendimento ao público e imagem pessoal.


09/12/2017 09:43

Hospital Regional entre em greve

Greve foi anunciada no dia anterior e motivação é o atraso de salário dos funcionários


Os trabalhadores do Hospital Regional de Araranguá (HRA) entraram em greve na manhã deste sábado, dia 09 e o protesto, mais uma vez ocorre devido ao atraso de salários, que deveria ter sido pago na quinta-feira, 07, quinto dia útil. De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), a unidade hospitalar está funcionando com 100% de atendimento na UTI, Urgência e Emergência e 50% nos demais setores e a greve continuará até que o pagamento dos funcionários seja regularizado.
Segundo João Martins Estevam, presidente do Sindisaúde, os servidores do HRA não sabem quando irão receber. “Os trabalhadores não tem nenhuma informação sobre os seus vencimentos”, afirmou. O presidente do sindicato ainda falou sobre a insegurança quanto ao futuro dos trabalhadores, diante da possibilidade de mudança de gestão do HRA. “E, enquanto a Secretaria Estadual da Saúde diz que repassou a verba e a SPDM afirma não ter recebido nada a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco”, lamentou.
O HRA atualmente é administrado pela Associação Paulista Para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).


08/12/2017 16:14

Hospital Regional e Samu podem ter serviços paralisados

Greve foi anunciada para amanhã, caso funcionários não recebam salários em atraso


Os trabalhadores do Hospital Regional de Araranguá (HRA) podem entrar em greve a partir de amanhã, dia 09. A paralisação poderá atingir ainda o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) da região. As duas instituições são administradas pela Associação Paulista Para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) e o protesto mais uma vez ocorre devido ao atraso de salários que deveria ter ocorrido no dia de ontem, 07, quinto dia útil.
Segundo João Martins Estevam, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Saúde de Criciúma e Região (Sindisaúde), os servidores do HRA não sabem quando irão receber. “Os trabalhadores não tem nenhuma informação sobre os seus vencimentos e, como já está definido em assembleias anteriores, caso o salário não seja depositado na conta dos funcionários até o final da tarde paramos no primeiro turno da manhã”, afirmou.
O presidente do sindicato ainda falou sobre a insegurança quanto ao futuro dos trabalhadores, a possibilidade de mudança de gestão do HRA. “E, enquanto a Secretaria Estadual da Saúde diz que repassou a verba e a SPDM afirma não ter recebido nada a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco”, lamentou.


05/12/2017 22:02

Cooperja realiza palestra no Dia Mundial de Combate à Aids


Para refletir sobre esta, que é uma doença do sistema imunológico humano causada pelo vírus HIV, a Cooperja realizou uma palestra no Dia Mundial de Combate à Aids, 1º de dezembro, última sexta-feira. O palestrante foi o enfermeiro araranguaense da MedSet, José Murialdo da Costa Pereira.

Mais de 60 colaboradores da cooperativa participaram da palestra, organizada pelo departamento de medicina do trabalho, através da técnica em enfermagem Zélia Possamai Della. “Foi muito interessante. Esta é uma realidade sombria que ninguém quer passar e ver sua família passando”, declara o funcionário, Lucas Rosso.

O objetivo principal em ter um dia específico para discutir o tema, é alertar toda a sociedade sobre essa doença. Afinal, até o momento, ela é uma síndrome que não possui cura. Portanto, é necessária uma proteção eficiente contra ela. Ao criar um Dia Mundial de Combate à Aids, o objetivo era chamar a atenção sobre esse problema, desde sua prevenção até seu tratamento

Segundo sites especializados na área da saúde, a Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, geralmente por contato sexual desprotegido com pessoa contaminada. Mas, pode ser também transmitida por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes. Diferentemente do que muitos pensam, ser HIV positivo não é o mesmo que ter Aids.

A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. Ela é uma doença que não mata por si só. Por causar um grande impacto no sistema imunológico, o paciente fica sujeito a doenças oportunistas, como a pneumonia, que surgem no organismo nesse momento de fraqueza.

Carregar mais

Mapa de Editorias