Segurança

25/04/2017 15:21

Juíza doa mais de R$ 20 mil em equipamentos de segurança


Na última quinta-feira, o sub-comandante da 2ª Cia da Polícia Militar de Sombrio Marcelo Faber, e o comandante da PM de Santa Rosa do Sul, sargento Demian Lapa, acompanhados dos soldados Monteiro e André, estiveram no gabinete da juíza da comarca de Santa Rosa do Sul Lívia Borges Zwetsch, para receber uma arma não letal Spark. Conhecido popularmente como arma de choque, o dispositivo emite pulsos elétricos que deixam a pessoa sem capacidade de reagir.

O kit completo, arma e cartuchos, foi adquirido por R$ 7.249,00, pago com recurso do Fundo de Transações Penais, formado por multas aplicadas nos processos.

O tenente Faber agradeceu a doação, enfatizando como a arma será útil as ações policiais. O sargento Demian Lapa também elogiou a parceria entre o judiciário e a Polícia Militar. “Este apoio está auxiliando para um melhor desempenho da PM no município”. Ele explicou que a Spark, mesmo sendo uma arma não letal, tendo o efeito de paralisar o indivíduo sem machucar, pode inibir o criminoso até mais do que uma arma de fogo, pois o marginal sabe que ela não mata, porém provoca grande desconforto. “O suspeito ao ser  abordado pode cooperar com a polícia com mais facilidade”. diz.

A juíza Lívia demonstrou curiosidade e quis conhecer a arma detalhadamente e se colocou a disposição para colaborar com os órgãos de segurança pública da comarca.

Bombeiros beneficiados

Na tarde desta segunda-feira, foi a vez do Corpo de Bombeiros de Passo de Torres receber vários equipamentos doados pelo fundo do judiciário da comarca de Santa Rosa do Sul. A corporação  recebeu material padrão de combate a incêndio florestal, capas de chuva, botas, esguicho regulável, mangueira bomba costal, entre outros itens, totalizando cerca de R$13 mil.

O sargento André Carreira Corvino, comandante do Corpo de Bombeiros de Passo de Torres, agradeceu a juíza, relatando que equipamentos de qualidade são de fundamental importância para oferecer um bom atendimento a comunidade. Lembrou que o quartel é responsável por dar resposta a uma grande demanda, na região entre Passo de Torres, São João do Sul e Praia Grande, e que vem sempre buscando eficiência e agilidade.

 


17/04/2017 11:47

PM traça estratégias para reforçar a segurança nas escolas


Durante a tarde desta quarta-feira, 12, estiveram reunidos na sede do 19º Batalhão de Polícia Militar de Araranguá, diretores e representantes das escolas de Araranguá, Balneário Arroio do Silva e Maracajá, além da secretária de Educação do município, Ariane Almeida e da diretora do Departamento do Ensino Fundamental do município, Tomázia Souza Farias, para serem apresentados os resultados obtidos no ano de 2016 e para discutir as metas para o ano de 2017.

Também participaram do evento,  o comandante da 1ª Companhia do 19º BPM, 1º tenente Diego Schwartz; o coordenador do projeto Rede de Segurança Escolar, 3º sargento Gilson da Silva; a policial militar que atua no projeto juntamente com o sargento Gilson, soldado Bruna Pires e o 1º sargento Márcio Rosa Giani de Matos.

De acordo com a PM, o projeto implantado já há alguns anos vem apontando resultados positivos e tem por objetivo envolver os estabelecimentos de ensino em uma rede de autoproteção e apoio à Segurança Pública.  Ao todo, participarão do projeto este ano, 46 (quarenta e seis) escolas, sendo integrantes das redes Federal, Estadual, Municipal, Privada e uma ONG, dos municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva e Maracajá.

Busca-se com o projeto desenvolver as seguintes etapas: seleção estratégica dos estabelecimentos de ensino, reunião com a direção do colégio, ronda nos estabelecimentos de ensino com a utilização de guias de ronda, ciclo de palestras proferidas por policial militar capacitado, controle estatísticos das rondas e ocorrências, avaliação dos resultados.

Os diretores presentes participaram ativamente da reunião, demonstrando o contentamento com os resultados obtidos no ano de 2016 e o interesse em ampliar ainda mais essa parceria desenvolvida com a Polícia Militar.

O diretor da E.B.M. Nova Divinéia, Blau Boelter da Rosa declarou: “A parceria da Polícia Militar com as escolas é muito importante e significativa. O 19° BPM através do Programa ‘Rede de Segurança Escolar’ fornece um exclusivo atendimento com guarnição e viatura, desempenhando um excelente papel de apoio nas unidades escolares. Um trabalho que visa manter a segurança e um relevante suporte na orientação de procedimentos importantes. A E.B.M. Nova Divinéia reconhece esse imprescindível trabalho e parabeniza a corporação pela dedicação e atenção dada às instituições educacionais.”

 

A diretora da E.E.B.M. 12 de Maio do município de Maracajá, Carla Viviani Daros Scarduelli, também fez questão de falar sobre a parceria: “A E.E.B.M. 12 de Maio, do município de Maracajá, conta com o apoio do 19° Batalhão da Polícia Militar, através da Rede de Segurança Escolar.  Essa parceria é indispensável para se manter a ordem e a segurança da Unidade Escolar, pois  através das visitas  do sargento Gilson e da soldado Bruna conseguimos e conseguiremos resolver certos problemas que muitas vezes nós da escola não encontramos solução.  Esperamos que essa parceria continue neste ano de 2017, trazendo para a comunidade escolar mais tranquilidade e bem estar.”

 

 

A diretora da E.M.E.B. Jardim Atlântico, de Balneário Arroio do Silva, Rosemary A. Corrêa Maciel ressalta: “A Rede de Segurança escolar é um projeto que vem dando muito resultado e precisa ser ainda mais valorizado, pois todos nós somos beneficiados com este trabalho. A disciplina de nossos alunos melhorou muito depois do acompanhamento da ronda no ambiente escolar. As crianças gostam e, com isso, cria-se uma interação e muito respeito. Além disso, os policias têm qualificação e postura, transmitem segurança e respeito. Todo corpo docente e alunos estão felizes com esta parceria.”

 

Também esteve presente na reunião a secretária de educação do município de Araranguá, Ariane Almeida, que salientou: “Este projeto vem sendo muito bem organizado e satisfazendo as redes escolares de nosso município. Tem grande importância por proporcionar mais segurança ao ambiente escolar e a toda comunidade próxima à escola.
Espera-se que neste ano de 2017, consigamos aumentar a parceria do projeto com as escolas, através de palestras com os alunos, pais e
funcionários e com mais visitas dentro das unidades escolares, podendo assim, ter contato direto com os alunos. Essa aproximação entre a escola
e os policiais militares ajuda a afastar o tráfico de drogas, ameniza problemas de indisciplina e atua na prevenção. O trabalho preventivo é
realizado junto aos profissionais que atuam nas unidades, os quais estão sempre buscando a proteção de seus alunos. No entanto, é fundamental que
as famílias estejam sempre atentas, orientem e acompanhem a vida escolar de seus filhos.”

O comandante da 1ª Companhia do 19º BPM, 1º tenente Diego Schwartz salientou a importância do trabalho e do engajamento de cada diretor e demais funcionários da escola, além do empenho dos policiais militares, para o sucesso do projeto.

 


14/04/2017 00:00

Casa vazia no feriado? Dicas para evitar roubos


Feriados prolongados chegando e moradores de casas e apartamentos devem ficar atentos, pois residência vazia é um convite perfeito para roubos e arrastões. Mas com algumas medidas de segurança é possível fazer uma viagem tranquila.

 

Dicas de Segurança para evitar roubos no feriado

Casas

– O melhor seria não deixar a casa sozinha, mas se isso não for possível, peça a um vizinho ou parente visitar diariamente o imóvel.

– Não passe informações da sua viagem (local, data de saída e data de chegada) para estranhos ou serviçais. Informe apenas pessoa da sua confiança.

– Se possível, peça para uma pessoa de sua confiança recolher as correspondências, jornais e até os dejetos de cachorro se houver, verificar movimentos estranhos de pessoas rondando a residência.

– Não deixe as luzes acesas durante o dia, pois isso significa ausência de moradores.

– Se possível, instale um aparelho de fotocélula para acender e apagar as luzes externas à noite e de dia, respectivamente.

– Deixe algum telefone de contato com um vizinho, parente ou amigo, para informarem alguma ocorrência.

Condomínios

– As entradas -social e de serviço- devem possuir clausura (área de acesso entre dois portões) para que tanto condôminos como visitantes e prestadores de serviços possam passar por identificação e cadastro sem ficar expostos na rua. Da mesma forma evita-se o acesso livre ao condomínio ao abrir o primeiro portão.

– As entradas do condomínio – social, de serviço e garagem – devem ser suficientemente iluminadas, evitando-se o uso de obras de arte, de decoração e de jardinagem que obstruam a ampla visão do local à distância ou através das câmeras de vigilância.

– Os acessos aos apartamentos igualmente devem ser dotados de boa iluminação e as portas devem ser sólidas, dispondo de “olhos mágicos” ou outro dispositivo que permita a observação do lado externo.

– Preferencialmente, o condômino deve manter a máxima discrição quanto aos valores guardados em casa, existência de cofres, joias, eletrônicos e outros objetos que possam chamar atenção, inclusive bebidas alcoólicas. Há ocorrências de apartamentos que foram invadidos, pois o morador postou nas redes sociais a quantidade de uma determinada bebida que estava armazenando.

– O pessoal de zeladoria, principalmente aqueles que desempenham funções na portaria do prédio, deve ser alertado periodicamente sobre os diferentes expedientes usados pelos delinquentes e devem estar capacitados para tomar providências quando necessário.

– Ao atender visitantes, na ausência de clausura, o porteiro deve manter os portões fechados e as pessoas do lado externo do condomínio.

– Avisar o condômino sobre visitas, entregas, etc., e só permitir acesso às dependências mediante autorização do morador e devidamente acompanhado por um funcionário.

– Evitar permitir que os empregados domésticos ou crianças possam autorizar o acesso de visitantes.

– As chaves que forem confiadas a serviçais (faxineiras, motoristas, cozinheiras, etc.) não devem abranger todas as portas do apartamento, permitindo-se o isolamento de algumas dependências privadas, evitando que os empregados possam ser coagidos a abrir as portas de que possuam as chaves, surpreendendo os demais moradores.


13/04/2017 08:00

Polícia Civil de SC lança novo site destinado à divulgação de serviços ao cidadão


A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina lança a partir desta terça-feira, 11, seu site  – www.policiacivil.sc.gov.br – destinado à divulgação institucional dos serviços oferecidos ao cidadão catarinense. A ideia é facilitar o acesso a setores como Delegacia Virtual, Disque-Denúncia, jogos e ações policiais realizadas em todo o Estado.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz, além do novo projeto gráfico, mais moderno e dinâmico, a nova página da internet propiciará agilidade aos policiais civis que precisam acessar a área interna. Também irá auxiliar as pessoas que procuram o atendimento. “O novo site foi redesenhado em consonância com as diretrizes da tecnologia moderna e reflete a proximidade, inovação, flexibilidade, dinamismo e comprometimento, atributos da relação da instituição Polícia Civil com o cidadão”, explica.

Dentre as funcionalidades em destaque, estão a Delegacia de Polícia Virtual, onde o cidadão poderá fazer seu registro de ocorrência, o Disque Denúncia 181, serviço gratuito, que atende durante as 24 horas do dia, com garantia de anonimato do cidadão; a fiscalização de jogos e diversões públicas, no qual os proprietários de estabelecimentos podem obter informações a respeito de alvarás para funcionamento de seus comércios, e as notícias policiais atualizadas, com as ações de combate à criminalidade realizada pela Polícia Civil.

Carregar mais

Mapa de Editorias