Solidariedade

08/12/2017 10:00

Campanhas ajudam tratamento de Sara e Natal de crianças carentes


Durante todo o ano diversas pessoas e entidades realizam ações sociais, mas com a proximidade do Natal, elas se multiplicam. Em Araranguá o Corpo de Bombeiros está recolhendo brinquedos para o Natal do Fogo. A arrecadação iniciou nesta quarta-feira, dia 6 e se estende até o dia 23 deste mês, as caixas de coleta estão espalhadas por todos os quartéis do Corpo de Bombeiros da região e os brinquedos serão entregues para crianças carentes de Araranguá.

Também em Araranguá, o Núcleo Espiritual Fraterno, localizado na rua Procópio Caetano da Silva, nº 61, atrás da garagem da empresa União de Transportes, no Centro da cidade, está recolhendo cestas básicas para entregar na Casa da Fraternidade, localizada no bairro Lagoão, em Araranguá. A entidade atende cerca de 300 crianças, a partir dos seis anos de idade, adolescentes e jovens em seus projetos e assiste mais de 200 famílias, de forma gratuita. Diariamente 300 assistidos tomam café e 100 almoçam na casa, que completou 30 anos no mês passado.

Já os Amigos do Bem, de Arroio do Silva, estão recolhendo alimentos, balas, pirulitos, brinquedos novos e usados (em perfeito estado) para alegrar o Natal das crianças carentes do balneário. A ação leva o nome de Natal Solidário 2017 e as doações podem ser entregues até o dia 23 deste mês no Espaço Lisa Lins e na Joalheria e Ótica Imagem, localizados no Centro de Arroio do Silva. Quem não puder levar sua doação, pode ligar para os números (48) 9.9656-8679; 9.9148-9193; 9.9933-4576; ou 9.9909-3897, que os voluntários buscam.

 

Bazar Solidário

Neste domingo, dia 10, das 8 às 18 horas, familiares e amigos da pequena Sara estarão realizando um bazar de roupas novas e usadas, em prol do tratamento da menina. O bazar acontecerá na Associação de Moradores do Arapongas, bairro Coloninha, ao lado da igreja católica Madre Paulina e terá peças à venda, a partir de R$ 1,00.

Sara Gabriele Moreira de Oliveira Martins, de três anos, é filha do casal de cabeleireiros, Alice Moreira da Silva, de 35 anos e Edgar Oliveira Martins, de 44 anos, e a vida da família mudou radicalmente após um acidente ocorrido com a menina em março deste ano. Sara sofreu paralisia cerebral, perdendo a coordenação motora e apesar de todo o tratamento que faz com fisioterapeutas, médicos, fonoaudiólogos, cinoterapia, hidroterapia, terapia ocupacional e equoterapia ainda tem muitas sequelas, inclusive usando fraldas.

Os pais de Sara não conseguem mais trabalhar como antes, devido às constantes idas em hospitais, médicos e os cuidados com a filha e dependem da solidariedade das pessoas. Se alguém quiser e puder ajudar a família ainda criou uma página na rede social Facebook – “Todos Unidos Pela Sara”, para angariar recursos para o tratamento, lá tem o número da conta do casal. Outra forma de contato é pelo telefone de Alice – (48) 9.9635-3404 e também indo direto na casa da família, localizada na rua Geraldino João da Silva, 1321, no bairro Arapongas, em Araranguá.

 


06/12/2017 16:00

Mobilizarte faz ação solidária na Casa Madre Regina


Doar um pouco do seu tempo e o que você tem de melhor pode transformar o dia de uma pessoa. No próximo sábado, dia 9, o grupo Mobilizarte fará uma ação solidária na Casa Madre Regina de Araranguá.

A entidade presta serviço de assistência social e orientação a crianças, adolescentes e suas famílias, além de atividades educativas e culturais. A Casa fica na rua Engenheiro Mesquita, 76, na região central do município. E a ação dos voluntários ocorrerá durante a manhã, a partir das 9h, com muita descontração e brincadeiras. Essa é a primeira atividade do ano, mas o projeto já tem uma agenda de eventos para 2018.

O grupo foi criado por Carol Balhejo e Giovani José da Conceição há um ano e meio, e promove atividades de forma voluntária há 12 meses. No total, há 15 pessoas. Os integrantes frequentam a Igreja Vida para Nações, uma das instituições apoiadoras do projeto.

É importante, destacar, porém, que a iniciativa não tem vínculo com nenhuma religião, e é aberta a quem quiser conhecer o trabalho desenvolvido. Para a visita deste sábado, a Contato, provedor de internet da região sul, disponibiliza a pipoqueira da empresa que será um dos atrativos da ação.

No momento, uma das necessidades do Mobilizarte é ter um local para dar continuidade às ações. “O intuito é levar arte para as crianças e, dentro da arte, transmitir amor e outros sentimentos, valores”, explica.

Quem quiser ajudar ou conhecer mais sobre a iniciativa, pode ligar para o telefone (48) 99678-9498 (falar com Giovani).


13/11/2017 22:00

Polícia Civil se mobiliza em campanha do brinquedo


Uma operação diferente da Polícia Civil, deve garantir a felicidade de dezenas de crianças em Araranguá. O Papai Noel, que em outros dias combate ao crime, agora se prepara para multiplicar sorrisos. Pelo terceiro ano consecutivo, policiais civis da cidade vão trocar o uniforme pela touca do bom velhinho e doar brinquedos a famílias carentes.

A viatura da Polícia vai virar trenó e todo esse esforço, conforme explica o delegado regional, Diego Archer de Haro, é para que meninas e meninos possam abraçar o Papai Noel e também receber um presente, que em muitos casos vai ser o único deste Natal.

A ação acontece há três anos em comunidades carentes do município. Somente no ano passado mais de 600 presentes foram entregues. “É uma iniciativa que visa levar carinho às crianças nesta época do ano. A Polícia Civil tem além de suas funções de repressão ao crime e da busca da verdade através da investigação, uma atuação humana, pois é composta por pessoas humanas, com sensibilidade, que possuem vontade e desejo de ajudar ao próximo”, explica o delegado que tem como principais entusiastas duas agentes de Polícia. A campanha é coordenada por De Haro e pelas policiais civis Tânia Mara Valentini Costa e Maria Eliane Figueiredo.

 

Arrecadação já começou

 

E a grande mobilização em busca de brinquedos que devem fazer a alegria de aproximadamente 500 crianças de até 11 anos de idade, já iniciou nesta semana e se estende até o dia 1º de dezembro. ” Existem caixas de coleta de brinquedos que foram colocadas na Delegacia Regional de Araranguá e na Delegacia de Proteção à Criança, Mulher, Adolescente e Idoso (Dpcami). Quem puder e quiser doar brinquedos e doces pode depositar nas caixas de coleta ou telefonar para o número 3529-0242, que os policiais irão buscar os donativos”, explica Tânia.

Depois de receber todas as doações o trabalho continua para a equipe de policiais que usa o curto tempo livre para se dedicar de corpo e alma à campanha. “Nós ainda estaremos separando os brinquedos que devem vir em bom estado de conservação ou novos e montaremos os kits de brinquedos e doces. Os presentes de Natal devem ser distribuídos pelos policiais civis, junto com o Papai Noel Danilo Tomazzi que pelo terceiro ano consecutivo troca a camiseta da Polícia Civil pela roupa do Bom Velhinho”, completa a agente. Os presentes serão entregues na comunidade de Morro dos Conventos, mas se a arrecadação for maior, outras comunidades serão beneficiadas.

 

Mobilização nas redes e na mídia

A campanha conta com o apoio e a divulgação da Performance Comunicação, que desenvolveu todo conceito das peças publicitárias a serem estampadas nas páginas dos jornais, redes sociais, plataformas digitais, sites e portais de notícias, as ondas amigas das rádios parceiras. Já aderiram à campanha: Rádio Araranguá AM, Rádio Transamérica Hits, Revista W3, Jornal Enfoque Popular, Unisul TV, Site Contra o Crime, Rádio Integração, Rádio 93 FM, Jornal Correio do Sul e Rede Amorim. Outros veículos de comunicação devem se somar à esta grande corrente do bem nos próximos dias.

 

Como doar:

Telefone: 3529-0242- Doações devem ser entregues na Delegacia Regional de Polícia Civil em Araranguá.

Fotos: Robert Dias

 


05/10/2017 08:00

Campanha reconstitui sobrancelhas de vítimas do câncer


A micropigmentadora Fernanda Nunes Boff, ou Nanda Boff Sobrancelhas, de 32 anos, como é conhecida pelos amigos e clientes, trabalha com as técnicas designer, manual shading e microblading fio a fio de sobrancelhas há seis anos, além de ministrar cursos na área. Moradora de Araranguá, ela tem clientes em toda Santa Catarina, no Rio Grande do Sul e em São Paulo e está sempre na estrada com seu trabalho, o que não impede que exerça o voluntariado.

Nanda, há cerca de um ano, iniciou um trabalho voluntário de reconstrução de sobrancelhas de mulheres vítimas do câncer, que perderam parte ou toda a sobrancelha, devido ao tratamento com quimioterapia. A campanha ‘Pague com Sorriso’ foi criada pelo europeu Branko Babic, mestre Academia Phibrows, onde Nanda é formada artista. O trabalho dela, em Santa Catarina, foi desenvolvido em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Balneário Camboriú e lá, ela atendeu as mulheres na sede da rede. A micropigmentadora teve caso de câncer na família e perdeu a mãe para a doença. “Infelizmente, quando minha mãe descobriu o câncer, ele estava em estágio avançado e eu a perdi”, contou.

A micropigmentadora, além de realizar o trabalho voluntário com as pacientes atendidas pela rede, frequentava cafés e conversava com as mulheres. “As histórias são tristes, além do abalo pela saúde debilitada, ouvi um caso, onde a mulher descobriu que estava com câncer e foi abandonada pelo marido. Mas as narrativas de superação me emocionam bastante”, comentou ela, que continua. “Ouvi o relato de uma advogada sobre o que passou com a doença e explicando que voltou a estudar e se formou em Direito, depois que venceu o câncer, isto ajuda as outras mulheres a superarem, elas enxergam que a vida não acaba com a descoberta da doença”. Ainda de acordo com ela, a resposta de sua ação pode ser vista no rosto das pacientes. “O que mais me deixa feliz com este trabalho voluntário é ver estampada a alegria no rosto das mulheres, quando elas se olham no espelho já com a sobrancelha nova”, disse.

Nanda pretende realizar o trabalho voluntário em Araranguá e região e deixa um telefone de contato, para quem tiver interesse em promover alguma ação, ou mesmo para a própria paciente. Porém ela esclarece que reconstituição é feita após liberação médica, por meio de um atestado liberando o procedimento. O telefone de Nanda é (47) 9.9659-9196 e quem desejar mais informações, pode ligar, que ela esclarece as dúvidas. A profissional também atende em uma clínica, em Criciúma e o endereço é na rua João Cechinell, nº 43, edifício Vila Flores, Pio Correa, próximo ao Hospital São José. O trabalho é sem fins lucrativos, totalmente de graça e a intenção da micropigmentadora é levantar a auto-estima das mulheres que sofrem ou sofreram com a doença, “Como diz o nome da campanha, Pague com Sorriso”, finalizou.

 

Carregar mais

Mapa de Editorias