Geral     30 de novembro de 2017 14:00
Autor: Gislaine Fontoura
Araranguá

Enfermeiro tem cerca de 2 mil orquídeas em casa, inclusive uma premiada


A paixão pelas plantas, principalmente por orquídeas, é visível para quem visita a casa do enfermeiro Jean Assunção, localizada às margens do Rio Araranguá, no bairro Barranca. Ao lado de várias palmeiras e nos fundos da casa onde mora, Jean tem um orquidário e lá cultiva as espécies Laelia Purpurata e Cattleya Intermedia.

De acordo com Jean, na orquidofilia são cultivadas cerca de 25 mil espécies, desde as micros, com tamanho de 2 milímetros, até as orquídeas de 2 metros e meio. Do sul do Paraná até o Rio Grande do Sul, as espécies mais encontradas são as cultivadas pelo enfermeiro.

Conforme explicou Jean, a floração da Cattleya Intermedia começa por volta de julho e vai até outubro, todos os anos. No final do mês de outubro inicia a floração da Laelia Purpurata, que é a flor símbolo de Santa Catarina. “Vai ter planta florindo até janeiro ainda”, contou o enfermeiro.

Jean é um colecionador e tem cerca de 2 mil exemplares em seu orquidófilo. Ele contou que as plantas levam no mínimo cinco anos para florir e que cada uma abre por cerca de 15 ou 20 dias. Algumas plantas são vendidas durante as exposições, como a que acontece neste fim de semana, nos dias 1, 2 e 3, no supermercado Abimar de Araranguá, organizada pelos colecionadores. Quem tiver interesse em apreciar, ou adquirir uma pode ir até o local. Os preços iniciam em R$ 5,00 e as premiadas, na região, chegam a ser vendidas por volta de R$ 5 mil.

As plantas cultivadas por Jean são nativas da região e se adaptam muito fácil ao local, pois já estão aclimatadas com o ambiente, preferem ficar na rua e em local sombreado, podendo ser fixadas nos troncos das árvores. A expectativa de vida das orquídeas é infinita e deve florescer uma vez por ano. De acordo com o colecionador, as pessoas pecam mais pelo excesso de água e adubo, nos cuidados com a orquídea do que com a falta.

O enfermeiro tem uma planta premiada pela Associação dos Orquidófilos de Araranguá, uma Laelia Purpurata, que tirou o primeiro lugar em uma exposição realizada em Criciúma, ano passado. “Cada exposição que é feita, são premiadas as melhores plantas de cada categoria”, revelou Jean.

Mapa de Editorias