Cultura     10 de abril de 2018 11:00
Autor: Gislaine Fontoura
Araranguá

Escritora, atriz e professora de teatro conta um pouco de sua trajetória no mundo artístico

Autora de peças de teatro infantil, Leia se encontrou no meio das crianças


A escritora, atriz e professora de teatro, Leia Batista, moradora da Cidade das Avenidas, conta que desde sempre é apaixonada pelo teatro, porém começou a trabalhar com ele em meados de 1990, quando teve uma escolinha infantil e promovia peças teatrais em datas festivas. Já por volta do ano de 2006 prestou trabalho Voluntário na Casa Lar Irmã Carmen, de Araranguá e mais uma vez pôde desenvolver oficinas de teatro, que culminaram em duas peças escritas, desenvolvidas e dirigidas por ela – “A viagem de João” e ‘O cantador de histórias. Leia também participou de cursos de teatro e contação de histórias.
De 2013 a meados de 2014 a artista escreveu textos para o grupo de comédia “Os Gargalhas” e participou do grupo na parte administrativa e comercial, em junho de 2014 reescreveu a peça infantil “O Cantador de histórias” para ser interpretada por ela e pelo meu companheiro, Wilson Neto. “Trabalhamos dos meses de junho a dezembro com essa peça com apresentações pela região e, em maio de 2015 saímos em uma viagem de Kombi pelo país, nos apresentando em escolas, shoppings e praças. Durante essa viagem tivemos a graça de receber um patrocínio do cartão Caixa Elo, juntamente com a Caixa Seguradora, e percorremos mais de 13 mil quilômetros, por sete estados apresentando “O Cantador de histórias”, contou Leia. A aventura na Kombi terminou em fevereiro de 2016.
Em maio de 2016, a artista abriu uma oficina de teatro para crianças, no Galpão Cultural. “Iniciei com apenas três crianças e, sem desacreditar, escrevi a peça infantil “Mary Pan”, que foi apresentada no final do ano pelos alunos, que haviam aumentado para cinco. A peça, que foi apresentada no Galpão Cultural e no auditório Plínio Linhares, no Center Shopping, foi um sucesso! Graças ao resultado do meu trabalho, iniciei minha carreira em oficinas de teatro infantil”, avaliou a artista.

Relacionados

Cultura

Os livros que nós devemos ler

‘Filho do Sol’ – A saga de um alemão que encontra uma maleta...

Cultura

Os livros que nós devemos ler

‘Qualidade Ambiental de Municípios de Santa Catarina: O Município...

Cultura

Casa da Fraternidade apresenta espetáculo de...

Primeiro dia de espetáculo será amanhã

Cultura

Maracajá Pré-história e Arqueologia

Os livros que nós devemos ler

Mapa de Editorias