Cultura     10 de abril de 2018 11:00
Autor: Gislaine Fontoura
Araranguá

Escritora, atriz e professora de teatro conta um pouco de sua trajetória no mundo artístico

Autora de peças de teatro infantil, Leia se encontrou no meio das crianças


A escritora, atriz e professora de teatro, Leia Batista, moradora da Cidade das Avenidas, conta que desde sempre é apaixonada pelo teatro, porém começou a trabalhar com ele em meados de 1990, quando teve uma escolinha infantil e promovia peças teatrais em datas festivas. Já por volta do ano de 2006 prestou trabalho Voluntário na Casa Lar Irmã Carmen, de Araranguá e mais uma vez pôde desenvolver oficinas de teatro, que culminaram em duas peças escritas, desenvolvidas e dirigidas por ela – “A viagem de João” e ‘O cantador de histórias. Leia também participou de cursos de teatro e contação de histórias.
De 2013 a meados de 2014 a artista escreveu textos para o grupo de comédia “Os Gargalhas” e participou do grupo na parte administrativa e comercial, em junho de 2014 reescreveu a peça infantil “O Cantador de histórias” para ser interpretada por ela e pelo meu companheiro, Wilson Neto. “Trabalhamos dos meses de junho a dezembro com essa peça com apresentações pela região e, em maio de 2015 saímos em uma viagem de Kombi pelo país, nos apresentando em escolas, shoppings e praças. Durante essa viagem tivemos a graça de receber um patrocínio do cartão Caixa Elo, juntamente com a Caixa Seguradora, e percorremos mais de 13 mil quilômetros, por sete estados apresentando “O Cantador de histórias”, contou Leia. A aventura na Kombi terminou em fevereiro de 2016.
Em maio de 2016, a artista abriu uma oficina de teatro para crianças, no Galpão Cultural. “Iniciei com apenas três crianças e, sem desacreditar, escrevi a peça infantil “Mary Pan”, que foi apresentada no final do ano pelos alunos, que haviam aumentado para cinco. A peça, que foi apresentada no Galpão Cultural e no auditório Plínio Linhares, no Center Shopping, foi um sucesso! Graças ao resultado do meu trabalho, iniciei minha carreira em oficinas de teatro infantil”, avaliou a artista.

Relacionados

Cultura

Os livros que nós devemos ler

Dentro do Canyon Maior

Cultura

Série “Os livros que nós devemos ler” traz...

Padre João Reitz nasceu em 1904 e faleceu em 8 de junho de 1984

Cultura

Feira Escolar aborda violência contra a mulher

“Conto de fadas para mulheres modernas”, de Luís Fernando...

Cultura

Série ‘Os livros que nós devemos ler’ traz...

Livro publicado em 1994 por Osmar Nunes trata de um dos grandes...

Mapa de Editorias