Curioso     11 de março de 2018 00:00
Autor: site Terra
Mundo

Mafalda completa 50 anos na Itália com diversas homenagens


Mauretta Capuano – A personagem Mafalda foi uma tira escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino, e após 50 anos da sua primeira publicação na Itália, o país se prepara para receber uma série de exposições.

Amado por milhares de pessoas de todas as idades, o fênomeno mundial do desenho animado foi publicado em diversos países, traduzido para 20 idiomas, e suas aventuras venderam mais do que 50 milhões de cópias.

 Uma menina de seis anos, que odeia sopa, adora os Beatles e o desenho do Pica-Pau se comporta como uma típica menina da sua idade. Porém, ela tem uma visão adulta da vida e vive questionando o mundo à sua volta.

Em forma de celebração ao desenho animado, várias exposições vão ser inauguradas durante este ano, por exemplo, uma exposição itinerante com a reprodução das tiras originais em bibliotecas italianas e no Museu Diotti em Casalmaggionre, na província de Cremona, a ser realizada em outubro.

A primeira aparição da Mafalda na Itália foi com uma analogia publicada em 1968 pela editora Feltrinelli. Também teve a coleção Bompiani “Mafalda la contestataria”, com o prefácio do escritor italiano Umberto Eco, e, logo depois, a tira da personagem passou a ser veículada no “Paese Sera”, de Roma.

A coleção completa das tiras foram compiladas em “Tutto Mafalda”, um livro para conhecer todos os detalhes sobre a personagem e seu criador, lançado em 2016 pela Magazzini Salani, editora italiana desde 2006.

Em Mendoza, no noroeste da Argentina, na cidade natal do cartunista Quino, ocorreu no dia 1º de março uma caminhada de Aristides, com várias estatuetas da Mafalda, Manolito e Susanita feitas pelo escultor Pablo Irrgang.

Além disso, a cidade de Buenos Aires lembra a personagem através de um mural, localizado no corredor entre as estações do metro de Peru e da Catedral. Já em Milão, no Idroscalo de Milão, o espaço verde vai ser dedicado para as crianças.

Logo na entrada há uma escultura de madeira da Mafalda, e alguns de seus pensamentos estão nos folhetos que serão entregues gratuitamente no parque. Também na França, na estação de Paris, tem uma série de murais dedicados aos talentos argentinos. Enquanto isso, a administração da cidade de Angouleme inaugurou o Pasaje Mafalda.

Preocupada com a paz e os direitos humanos, Mafalda foi apresentada pela primeira vez em 29 de setembro de 1964 no semanário argentino Primera Plana.

Quino, de 85 anos, recebeu numerosos prêmios, entre eles, o Príncipe das Astúrias (Espanha), o Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras (França), a medalha de Ordem do Mérito Artístico e Cultural Pablo Neruda (Chile) e do “Ambrogino d’Oro” (Itália).

Mapa de Editorias