Polícia     18 de setembro de 2018 15:00
Autor: Gislaine Fontoura
Região

Mulher apresenta CNH falsa e acaba presa

Várias ocorrências movimentaram o setor policial


Na manhã desta segunda-feira, dia 17, por volta das 11 horas, em um cartório, localizado no Centro de Araranguá, uma mulher, de 26 anos, tentou apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa e acabou presa pela Polícia Militar. De acordo com informações repassadas pela PM, a mulher tentou apresentar o documento quando foi reconhecer firma em um contrato de compra de imóvel. Prontamente a funcionária do cartório percebeu a falsificação, que foi confirmada posteriormente pelo Detran/SC. A PM foi acionada e a mulher foi encaminhada à Central de Plantão Policial (CPP) de Araranguá, para os procedimentos cabíveis. Para a PM, a mulher contou que comprou a CNH em um site, há cerca de cinco anos e disse ainda que não lembrava mais o nome do site.

 

Outras ocorrências

Já na noite de domingo, dia 16, por volta das 21 horas, uma guarnição da PM de Balneário Arroio do Silva foi acionada via Central de Operações da Polícia Militar (Copom – 190), para atender uma ocorrência de violência doméstica no Centro do município. No local, a vítima relatou que seu filho, que é usuário de drogas, lhe agrediu fisicamente, quebrou vários objetos e móveis da residência e proferiu palavras ofensivas. Relatou ainda, que não é o primeiro registro de ocorrência contra o filho. Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à CPP de Araranguá, para os procedimentos cabíveis.

Também no domingo, a Polícia Militar abordou um suspeito no Centro de Balneário Arroio do Silva, por volta das 3 horas da madrugada e constatou que havia um mandado de prisão, por furto, ativo em desfavor do homem, de 28 anos. Diante dos fatos, os militares se deslocaram até o Presídio Regional de Araranguá (PRA), que está sob interdição judicial e os agentes prisionais não receberam o homem. Os policiais ainda tentaram contato com o juiz de plantão, mas não obtiveram êxito. Já que não se tratava de uma prisão em flagrante, a Polícia Civil também não recebeu o homem, que foi solto pelos militares, em frente ao PRA.

Ainda no domingo, a Polícia Militar de Sombrio encontrou um homem, com registro de desaparecimento, na cidade de Canoas no Rio Grande do Sul. De acordo com a PM, a guarnição abordou o homem e ao constatar o registro do desaparecimento tentou contato com a mãe e com o irmão do homem, porém não obteve êxito. Em consulta no sistema dos órgãos de Segurança Pública, foi verificado que o abordado possui problemas psiquiátricos de esquizofrenia. Diante dos fatos, ele foi conduzido até o Hospital Dom Joaquim.

Já a tarde de sábado, dia 15, por volta das 15 horas, uma guarnição da Polícia Militar de Araranguá foi acionada via Copom – 190, para atender uma ocorrência de dano no bairro Polícia Rodoviária. No local, a vítima relatou aos policiais militares que teve o vidro de seu veículo quebrado por uma pedra que havia sido arremessada por um parente seu. Afirma ainda, que não foi a primeira vez que isso aconteceu. Diante do fato, restou lavrado um Termo Circunstanciado em desfavor do autor do fato, que deverá comparecer ao Juizado Especial Criminal.

Mapa de Editorias