Trânsito     4 de fevereiro de 2016 02:00
Estado

Notícias

BR-101: instalação e lançamento de vigas e interrupção de tráfego serão realizados neste fim de semana


DNIT/SC vai instalar vigas em passarela de Capivari de Baixo, nesta quinta, 4

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) fará nesta quinta-feira, 4, o lançamento e instalação de duas vigas para unir as rampas da passarela em construção no km 236,8 da BR-101 Sul. A estrutura está sendo erguida próximo ao viaduto de acesso aos bairros Vila Flor e Bandeirantes, em Capivari de Baixo.

Os trabalhos vão acontecer sobre as pistas da rodovia federal, entre 12 horas e 13 horas, e, para garantir a segurança dos motoristas e trabalhadores envolvidos na instalação das longarinas, o tráfego de veículos será interrompido nesse ponto, em ambos sentidos de fluxo. O trânsito será liberado após as atividades serem finalizadas. Em caso de mau tempo, o trabalho será cancelado e reagendado para outra data. A passarela faz parte das obras de arte especiais (OAEs) do lote de estruturas complementares à duplicação da BR-101 Sul, no trecho catarinense. Depois de pronta, a passagem de pedestres terá 207,27 metros de extensão, contando do início da rampa da rua lateral direita até o final da rampa, na rua lateral direita.

Outras três passarelas estão projetadas para o município de Tubarão, sendo uma no km 334,2, no bairro Humaitá (250,74 metros de extensão), uma no km 336, no bairro Morrotes (próximo ao viaduto, com extensão de 251,7 metros) e uma no km 341,8, próximo ao acesso do bairro São Cristóvão (entre os viadutos construídos, com 207,25 metros).

Todas as estruturas terão guarda corpos laterais, com 1,12 metros de altura e rampas para acesso com inclinação suave, para circulação de portadores de necessidades motoras. As passarelas serão construídas próximo de viadutos e outras passagens de pedestres, acrescentando mais equipamentos de travessia segura aos já construídos ao longo da duplicação da rodovia. Do km 300 ao km 465 foram construídas 25 passagens inferiores para pedestres (PIPs) e 16 passarelas.

As passarelas são equipamentos de segurança exclusivos para estes transporem as oito faixas de rolamento. São as últimas obras especiais a serem executadas, pois é necessário que o alargamento da rodovia esteja totalmente concluído. Além das passagens inferiores, os viadutos liberados no segmento são locais de travessia para pedestres, desde que respeitado o espaço destinado para os veículos. Em todos os aglomerados urbanos junto a BR-101 Sul, há equipamentos de segurança como passagens inferiores para pedestres, passarelas, calçadas e faixas para garantir a segurança e conforto das pessoas que circulam a pé.

O lote de obras complementares contará ainda com 5.875 metros de novas vias laterais, em seis trechos entre o km 300 ao km 329,9, uma nova ponte e adequação da ponte em que circula o fluxo de sentido Sul-Norte, no Rio Capivari (km 329,9), recomposição de 1.080 metros de pista no Morro do Formigão, construção de 3.080 metros de passeios públicos (calçadas), em vias laterais do bairro São Cristóvão e a construção de uma passagem inferior para veículos no km 338,9, para acesso aos bairros Sertão dos Corrêas e Vila Cruzeiro, em Tubarão. O consórcio Setep-Sotepa é o responsável pelo lote de obras complementares.

 

Treliça lança seis vigas e prepara para fechar dois vão, na ponte do Rio Tubarão

A sexta viga, para compor os vãos da ponte sobre o Rio Tubarão, foi içada, instalada e fixada na tarde desta terça-feira, 02. Ela foi transportada do canteiro de obras até as travessas de fixação com usa de treliça, equipamento contratado para agilizar a construção da passagem, na BR-101 Sul catarinense. Com isso, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) prepara o fechamento de dois vãos elevados, sobre a ponte.

Cada vão recebe quatro vigas, sendo todo o processo de transporte e instalação feito pela treliça. A chuva do final de semana e de segunda-feira interromperam os trabalhos nessa frente, sendo retomada somente hoje (terça-feira). Dos nove vãos da ponte, quatro estão finalizados, dois estão próximo de receber todas as vigas e os três finais, sobre o leito do rio, recebem as primeiras vigas ainda nesta semana. Todo o trabalho é executado pelo consórcio Engedal-Cima (EnCi) contratado pelo DNIT/SC para a construção.

Os trabalhos não interferem no tráfego de veículos da BR-101 Sul e vão continuar com tempo estável na região.

A lançadeira tem 90 metros de comprimento, por 2,5 metros de altura, com capacidade de içar 90 toneladas – cada viga da ponte pesa, em torno, de 65 toneladas. Ela vai ocupar três vãos da ponte (dos cinco que ainda restam para receber vigas). Trazida de São Paulo, a treliça veio desmontada e já está sendo remontada na frente de obras, estando operacional em poucos dias. Serão instaladas 20 vigas em cinco espaços restantes.

Quando finalizada, a ponte terá 340,8 metros de comprimento por 12,1 metros de largura, com duas faixas de rolagem, acostamento e guarda rodas (proteções laterais de concreto). A passagem receberá somente o fluxo de veículos no sentido Sul – Norte.

Via municipal será interrompida para trabalhos – Durante a passagem da treliça em carga e transportes de vigas, o tráfego de veículos e pedestres pela rua Cândido Darela, via municipal, será interrompido, por curtos espaços de tempo e em momentos esporádicos, a partir desta quarta-feira. Isso vai acontecer até o final dos trabalhos de instalação entre a cabeceira Norte até a margem direita do Rio Tubarão.

 

Relacionados

c36a2940-dd2e-4f36-8186-d03afc7bc027
Trânsito

Dois veículos colidem contra postes em Araranguá

Motoristas foram conduzidos, pelos bombeiros, ao Hospital Regional de...

ac2
Trânsito

Acidente resulta em ferimentos graves

Duas vítimas estão com estado de saúde bastante debilitado e uma...

20160105_145935
Trânsito

Jovem é atropelado por caminhão

Devido à gravidade dos ferimentos, vítima foi transferida do HRA,...

Mapa de Editorias