Polícia     17 de setembro de 2018 20:18
Região

Ronda Policial

Ronda Policial


– Por volta das 21h30min da última quinta-feira, dia 13, na Estrada Geral Passo da Cachoeira, em Praia Grande, a Polícia Militar deu cumprimento a um mandado de prisão contra um homem, após receber informações de seu paradeiro. O mandado de prisão em aberto era por crime de homicídio. Ele foi localizado na casa onde estava morando e encaminhado ao Presídio Regional de Araranguá.
– Na última sexta-feira, dia 14, por volta da meia-noite, a Polícia Militar de Balneário Gaivota atendeu uma ocorrência de violência doméstica e ameaça, próximo ao posto de saúde da avenida Interpraias, onde a solicitante, ao ligar para a polícia, pedia ajuda com urgência e relatava que estava muito machucada. Os policiais se deslocaram rapidamente até o local onde a mulher disse que estaria e não a encontraram, os policiais também tentaram contato telefônico com ela, porém sem sucesso. Posteriormente, por volta das 06 horas, a mulher ligou, pedindo ajuda novamente e relatando que estaria sendo agredida com uma barra de ferro, a guarnição conseguiu encontra-la na frente do posto de saúde e ela contou que seu companheiro havia lhe agredido, os militares foram até a casa do casal e encontraram o companheiro dela dormindo, ela atendeu os militares calmamente e afirmou que não ameaçou nem agrediu sua companheira, nem pegou seu celular. A mulher estava embriagada e não apresentava lesões, mesmo assim ela disse que queria representar contra o companheiro e ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil. Na delegacia, a mulher desistiu de prestar queixa.

– Na última sexta-feira, dia 14, por volta da meia-noite, a Polícia Militar de Passo de Torres foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica e lesão corporal. A vítima foi até a PM, onde relatou que foi agredida por seu esposo na residência do casal, situada à rua Beira Mar, 171, Passargada. Ela apresentava lesões nos braços, que disse ser proveniente das agressões do marido. Relatou ainda que teve seu notebook quebrado pelo autor. A PM foi em busca do autor e o abordou, ele contou que teve uma briga com a esposa, devido a um descontrole repentino de sua companheira provocado pela ingestão de álcool e calmantes e que de fato quebrou o notebook, mas que não chegou a agredi-la. Diante dos fatos as partes foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil de Sombrio, para os procedimentos cabíveis.

Relacionados

Mapa de Editorias