Geral     15 de Abril de 2018 19:20
Estado

TRE-SC apresenta campanha “O Voto é meu” no Instituto Estadual de Educação

Tribunal explicou para os alunos como funciona o processo eleitoral e instalou um posto de atendimento volante no instituto


O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina participou, na quarta-feira, dia 11, do projeto “Eleições mais que um ato, um dever de cidadania”, no Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis. Durante o evento, o TRE-SC apresentou a campanha “O voto é meu – Meu futuro, minha escolha”, explicou o papel da Justiça Eleitoral e instalou um posto de atendimento volante para realizar o alistamento eleitoral de jovens durante os dias 11 e 12. Até o momento, 277 estudantes do IEE fizeram o seu título de eleitor no posto.
O convite para participar do projeto surgiu da necessidade de explicar para os alunos como funciona o processo eleitoral e de ressaltar a importância do alistamento eleitoral e voto dos jovens. Representando o TRE-SC, o desembargador Ricardo Roesler, presidente da instituição, fez uma introdução mostrando o vídeo institucional da campanha “O voto é meu” para os estudantes presentes. Segundo o desembargador, “nós queremos que o jovem de 16, 17 anos, que está alienado da política, se insira nesse contexto político, se alistando, inicialmente, e depois com um passo a mais. Esse passo a mais será a sua participação na urna e, depois da urna, nas escolhas das lideranças jovens”.
Em seguida, o chefe de cartório da 67ª Zona Eleitoral, de Santo Amaro da Imperatriz, Carlos Eduardo Justen, proferiu uma palestra sobre política e cidadania e respondeu as questões dos jovens, que foram desde a obrigatoriedade do voto, a diferença entre votos brancos e nulos, passando pela segurança da urna até o sigilo do voto. Justen ainda destacou uma pesquisa feita pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em 2016, que demonstrou a importância da política para os jovens. De acordo com o levantamento da universidade, 70,24% das pessoas entre 15 e 19 anos se interessam por política, demonstrando a relevância do tema.
Dentro desse contexto, o projeto do Instituto Estadual de Educação tem como intuito ressaltar a importância de fortalecer o processo democrático brasileiro e instigar os alunos para um maior envolvimento na política. De acordo com Luiz Antunes, professor de Geografia do IEE e idealizador do projeto, “essa ideia nasceu no início do ano quando atestamos a necessidade de trazer para os alunos, aproveitando o gancho das eleições, a verdadeira visão do que é a política e a importância do processo eleitoral, mostrando que ele não é estanque e que é muito importante antes e também depois, com o acompanhamento dos candidatos eleitos”.
Os alunos do 2º e 3º ano foram o público-alvo do projeto. Para João Victor Nascimento, participante voluntário da campanha “O voto é Meu”, que tem 16 anos, “às vezes a gente quer uma mudança, mas não sabe como fazer isso, e eu acho que a gente tem que ser a mudança que a gente quer. A campanha me influenciou muito, vou até fazer o título depois, vou votar e esperar uma transformação”.
Além do presidente do TRE-SC e do chefe de cartório, estavam presentes no evento o diretor da Escola Judiciária Eleitoral de Santa Catarina, juiz Antônio Zoldan da Veiga, o também juiz do Pleno Wilson Pereira Júnior e o diretor-geral do Tribunal, Sérgio Manoel Martins.

Relacionados

Geral

Mineiro está em Brasília em busca de recursos...

Prefeito e secretários estão visitando os gabinetes dos deputados e...

Geral

Vigilância Sanitária de realiza ação de...

Vigilância Sanitária de Jacinto Machado realizou uma ação...

Geral

"A confiança que vem antes do cargo"

Funcionários da Prefeitura de Jacinto Machado participaram de...

Geral

Cartório faz em média 60 títulos por dia

Comarca eleitoral de Sombrio é composta pela sede e também por...

Mapa de Editorias