Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Sant' Helena Coelho é bacharel em Comunicação Social, com especialização em Jornalismo. Também é bacharel em Psicologia e bacharel em Ciências Políticas. Tem MBA em Jornalismo Digital e em Administração e Marketing. Em 1990 fundou o Jornal Correio do Sul, assim como foi um dos fundadores da Rádio 93 FM em 2010. Atua também como produtor cultural e escritor.

19 de junho de 2018 19:10

Rolando Christian Coelho, 20/06/2018

Em princípio, quadro é favorável ao projeto do ex-governador, que terá reais chances de vitória se Amin romper com o PSD de Gelson Merisio.


Paulo Afonso anuncia intenção de concorrer ao Senado Federal / /

Ex-governador Paulo Afonso Vieira (MDB) pretende jogar alto neste ano. Ele anunciou, ontem, oficialmente, sua intenção de concorrer ao Senado da República. Em princípio parece uma pretensão exagerada, principalmente por conta do escândalo dos precatórios, vivenciados há 20 anos em sua gestão, mas que ainda o persegue.
Há de se ressaltar, no entanto, que, dependendo de como se comportarem as coligações majoritárias, Paulo Afonso poderá ter reais chances de eleição. Não por conta de sua liderança, mas em virtude do poderio de fogo de seu partido.
Mauro Mariani (MDB), por exemplo, que também era cotado para o Senado, irá disputar o Governo do Estado. Esperidião Amin (PP), outro forte candidato a senador, está insistindo em uma candidatura ao governo. Paulo Bauer (PSDB), independente de disputar o governo ou o Senado, terá que passar a campanha se explicando quanto ao envolvimento de seu nome na Lava Jato. Caso o MDB e o PSDB não coliguem no primeiro turno, e se isso acontecer também em relação ao PSD e PP, a disputa pelas duas vagas ao Senado Federal ficará totalmente aberta. É que dificilmente qualquer um dos partidos terá dois nomes fortes para eleger dois senadores. Sendo assim, elegerá seu candidato aquele partido que tiver mais estrutura e militância. Neste sentido, o MDB faz parte da tropa de elite da política catarinense.
Por óbvio que se Paulo Afonso tiver que bater de frente com candidaturas como a de Raimundo Colombo (PSD) e Esperidião Amin (PP), as coisas ficam bem mais difíceis. Do mesmo modo que ficará ainda mais difícil se ele tiver que dividir palanque com Napoleão Bernardes (PSDB), e ainda enfrentar Colombo e Amin. Todavia, se cada macaco ficar no seu galho, o ex-governador poderá finalmente sair do ostracismo.

Notas

Prefeito de Meleiro, Eder Matos (PSB), irá realizar amanhã, às 13h, com a presença de diversas autoridades locais e regionais, um ato na localidade de Rio Morto, objetivando conscientizar o Governo do Estado para a importância de firmar convênio para a pavimentação asfáltica da Rodovia MEL 443, que liga seu município à Nova Veneza. O trajeto, de 9km, beneficiaria várias outras comunidades dos dois municípios.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, que é ligado diretamente ao Ministério Público, realizou ontem duas prisões e também cumpriu oito mandados de busca e apreensão em Balneário Arroio do Silva. A ação deriva de uma investigação envolvendo ligações de energia elétrica irregulares. Basicamente, servidores de uma empresa ligada ao ramos de energia e funcionários da prefeitura cobravam para fazer as ligações clandestinas, dando caráter regular ao ato ilícito. A irregularidade, em princípio, não envolve a atual gestão.

Ex-prefeito de Balneário Arroio do Silva, Evandro Scaini (PSD), fará o lançamento oficial de sua pré-candidatura à Assembleia Legislativa no próximo sábado, em seu município. O ato acontecerá às 10h55min no Centro de Eventos do Hotel Scaini. O pré-candidato do PSD ao Governo do Estado, Gelson Merisio, confirmou presença, assim como outras lideranças do partido em nível estadual.

Projeto de Lei de autoria do vereador sombriense Daniel Palito (PSB), que proíbe a colocação de panfletos publicitários nos para-brisas de veículos no município, está longe de ser respeitado. Nos últimos tempos, Sombrio voltou a ser enxovalhado com este tipo de imundice. Vale ressaltar que a grande maioria dos panfletos têm sido colocados por empresas que se instalaram há pouco tempo no município, e que, por certo, estão desavisadas quanto ao regramento social da comunidade local. A fiscalização do executivo precisa agir de forma enérgica, de modo a impossibilitar que este expediente volte a ser comum.

Charge

Mais de Rolando Christian Coelho

Rolando Christian Coelho

Algumas candidaturas femininas já levantam...

Há candidatas que não estão usando nem mesmo suas próprias redes...

Rolando Christian Coelho

Facada atingiu mais Alckmin do que o próprio...

Candidato do PSDB não poderá contar com votos que fatalmente se...

Rolando Christian Coelho

Ganância do Estado foi o que criou Jair Bolsonaro

Grande verdade é que a sociedade cansou de carregar a máquina...

Rolando Christian Coelho

Falta sintonia entre candidatos daqui de baixo e...

Mauro Mariani foge de Henrique Meirelles, enquanto Merisio não quer...

Mapa de Editorias