Polícia     15 de Abril de 2018 13:29
Autor: Gislaine Fontoura
Araranguá

Corpo de mulher é encontrado às margens do Rio Araranguá

Vítima foi morta a pauladas, de acordo com o filho, ela saiu de casa de madrugada para ir à UPA


O corpo de uma mulher foi encontrado por ciclistas, por volta das 10 horas da manhã deste domingo, dia 15, às margens do Rio Araranguá, na rua Coronel Apolinário Pereira, na localidade de Volta do Silveira, em Araranguá.
As Polícias Militar, Civil, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionados e constataram se tratar de uma mulher de cor branca, com duas tatuagens no antebraço esquerdo. Mais tarde a vítima foi identificada como Janice Gonçalves Francisco, de 39 anos, merendeira da Escola Maria Garcia Pessi, do bairro Cidade Alta e moradora do Residêncial Flor do Campo, no bairro Lagoão, em Araranguá.
A vítima foi agredida com pauladas no rosto e na cabeça e a polícia acredita que ela entrou em luta corporal com os assassinos e que eles chegaram com ela ainda viva em um veículo. Havia muito sangue na estrada e marcas que evidenciam que Janice foi arrastada até um matagal, às margens do Rio Araranguá, onde foi encontrada pelos ciclistas, nua e com o corpo coberto por galhos. Próximo ao local do crime foram encontrados uma camisa jeans e um par de tênis.
No início da tarde, o filho da vítima contou na delegacia que a mãe havia saído, por volta da 1 hora da madrugada, para ir até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araranguá, pois não estava se sentindo bem. Ela saiu com seu carro, um Gol, de cor branca e placas AST 0176, de Araranguá. O veículo foi localizado no meio da tarde no bairro Guanabara.
Agentes da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Araranguá, coordenados pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa, já iniciaram as investigações do caso. Janice será velada no Cemitério Jardim da Paz, localizado no bairro Nova Divinéia.
Colegas de trabalho da merendeira estão chocados com o crime, ela deixou um filho de 20 anos e uma filha de sete anos. “Estamos profundamente abalados com a forma brutal com que Janice morreu, era uma funcionária muito dedicada, seu filho mais velho se formou com a gente e a menina iniciou este ano na escola”, declarou a diretora do colégio Marica Garcia Pessi, Sandra Regina de Vargas.
Colégio publicou nota informando que nesta segunda-feira não haverá aula, em decorrência do assassinato da funcionária.

Fotos: Contra o Crime/Arquivo Pessoal

Relacionados

Polícia

Dois são presos com drogas

Polícia Militar encaminhou dois homens, flagrados com drogas, para a...

Polícia

Motociclista morre em acidente de trânsito

Homem perdeu o controle ao cruzar um quebra-molas e colidiu contra um...

Polícia

Relojoaria é assaltada em Praia Grande

Dois homens armados cometeram o crime

Polícia

Homem fura barreira da PM e cai com o carro em rio

Bombeiros foram acionados por um guincho, para auxiliar na retirada...

Mapa de Editorias